Africa

“Os líbios recuperaram sua alma”

“A libertação da Líbia é iminente. Entre a população já há um clima de festa, o ditador praticamente já não se faz ouvir e polícia e exército escolheram abertamente pelo lado do povo.” Omar Elkeddi, do departamento árabe da Radio Nederland, acredita piamente nisso e as últimas notícias da Líbia parecem confirmar o que ele diz.

Uma revolução em marcha no Egito

Envolvido com o que parece ser uma revolução em marcha no Egito, embora sem comando e planos futuros, o videomaker Mahmoud El-Adawy vem vivendo intensamente os acontecimentos, dos quais se afastou para participar do Fórum Social Mundial 2011, que acontece até 11 de fevereiro em Dacar, no Senegal. Leia entrevista concedida para o portal Ciranda (www.ciranda.org.br)

Livro “A Mensagem de Silo” é apresentado em Moçambique

Foi realizado ontem, no Centro Cultural Brasil-Moçambique, a apresentação do livro “A Mensagem de Silo” pela argentina Nieves Barbi, que partindo da sua experiencia pessoal pôde transferir aos participantes o significado da Mensagem no sentido da sua vida. “A Mensagem” é uma expressão do ”Profundo” do interior do espírito humano, um meio capaz de pôr-nos em presença do Sagrado.

Dia Global de Soluções Climáticas – Moçambique também aderiu!

No dia 10 de outubro passado foram organizados mais de 7347 eventos em 188 países pelo dia Globlal das Soluções Climáticas. Em Maputo, por iniciativa do Movimento Humanista e do Critical Mass, um grupo de 27 pessoas deu a volta de bicicleta a uma parte da cidade, em um passeio chamado de BICNIC, que terminou com um símbolo dos 350.

Cocktail de apresentação da obra pela paz do Mestre Malangatana

Foi organizado no dia 8 de outubro, no complexo Sheik, em Maputo, um cocktail de apresentação da Obra pela Paz do mestre Malangatana. Esta obra, surgida por ocasião da Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência, foi reproduzida serigraficamente e os fundos obtidos reverterão totalmente para a construção do Parque Marracuene, em Moçambique.

Alternativas para superar a violência económica

O Centro Mundial de Estudos Humanistas em Moçambique organizou um debate com o tema “Alternativas para superar a violência económica”, que contou com a intervenção do jornalista Fernando Lima e em nome do Centro de Estudos, Ivan Andrade discursou sobre o actual sistema capitalista, o seu fracasso e as bases de uma economia alternativa – a economia mista .

Equipe internacional da Marcha Mundial pela Paz inicia percurso no continente africano

A equipe base da Marcha Mundial pela Paz e a Não Violência foi recebida em Rabat, capital do Marrocos, em sua primeira parada no continente africano. O encontro foi realizado nos quartéis-generais do Movimento Popular, um partido que inclui membros formados pela resistência que escolheram a paz como o único método para resolução de conflitos.

A guerra em Darfur, terminou?

As forças de pacificação de Darfur conseguiram os objetivos de sua missão, segundo Rodolpho Addada, do Congo, em sua despedida como líder da UNAMID, que é missão conjunta das Nações Unidas e da União Africana. Segundo Abada, que reconhece a falta de segurança na região, agora são os bandidos comuns os que trazem insegurança aos habitantes por roubos e outros delitos do tipo.

Ruanda: mulheres no poder

Ao considerar os melhores exemplos da presença feminina no mundo político, pensa-se automaticamente nos países escandinavos. Entretanto, o país que encabeça a lista com maior representação feminina no parlamento se encontra no coração da África: Ruanda. No caso de Ruanda, esta cifra é recorde mundial, com 56% de participação feminina no parlamento.

Uganda quer proibir a mutilação feminina

Uma das grandes e históricas violências contra a mulher está próxima de chegar ao fim em Uganda. O país está a ponto de aprovar uma lei para proibir a mutilação genital feminina, muito comum entre as tribos do leste do país, anunciou a presidência.Entre 100 e 140 milhões de mulheres no mundo já foram vítimas da prática, segundo a ONU.

1 20 21 22 23