Gênero e feminismos

11.10.2019

“Precisamos de uma grande rede de solidariedade para combater o capitalismo e a destruição do planeta”. Entrevista com Judith Butler

“Precisamos de uma grande rede de solidariedade para combater o capitalismo e a destruição do planeta”. Entrevista com Judith Butler

Você nasceu em uma família judia tradicional, em Ohio. Seu tio foi preso por ser transexual e faleceu na prisão. Seus primos foram expulsos de suas casas por serem homossexuais e você foi levada a um psiquiatra, com 15 anos, quando anunciou sua homossexualidade. Como você desconstrói o gênero em… »

10.10.2019

Silvia Federici: Matar as mulheres é a forma mais eficaz de destruir a resistência

Silvia Federici: Matar as mulheres é a forma mais eficaz de destruir a resistência

Por Pamela Oliveira/Brasil de Fato Autora de “O Ponto Zero da Revolução” aponta a cooperação como saída para enfrentar um sistema cada vez mais violento. O aumento da violência contra as mulheres e a feminização da pobreza ao redor do mundo estão atrelados aos processos de acumulação do atual estágio do… »

09.10.2019

Pesquisa Universa: 7 em cada 10 mulheres veem violência como maior desafio

Pesquisa Universa: 7 em cada 10 mulheres veem violência como maior desafio

De todos os desafios enfrentados pelas mulheres no Brasil, acabar com o desrespeito e a violência de gênero é considerado, hoje, o maior deles. É o que dizem sete em cada dez entrevistadas ouvidas em uma pesquisa feita para Universa pelo instituto de pesquisa Catapani & Associados e pela consultoria… »

30.09.2019

#EleNão completa 1 ano e novos atos acontecem. Confira a agenda!

#EleNão completa 1 ano e novos atos acontecem. Confira a agenda!

Ele Não é um movimento que nasceu da união das mulheres contra um então candidato à presidência machista, misógino, homofóbico e racista, e que levou milhões de pessoas às ruas em 29 de setembro de 2018 no Brasil e no mundo. Em 2019 o movimento volta às ruas para lutar… »

27.09.2019

Estado no México legaliza o aborto

Estado no México legaliza o aborto

Oaxaca é a segunda unidade da federação, depois da Cidade do México, a permitir a interrupção da gravidez. Na maior parte do país, procedimento só é legal em caso de estupro ou de risco à vida da gestante. O estado de Oaxaca, no sul do México, se tornou nesta quarta-feira… »

23.09.2019

Na ONU, Brasil promove desmonte de política progressista de direitos humanos

Na ONU, Brasil promove desmonte de política progressista de direitos humanos

Por Renata Rodrigues País deve ser reeleito para o Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas mudando radicalmente posicionamentos sustentados há quase 20 anos Na iminência de ser reeleito para uma das vagas no Conselho de Direitos Humanos (CDH) da Organização das Nações… »

20.09.2019

Comissão de Combate à Violência contra a Mulher debaterá feminicídios

Comissão de Combate à Violência contra a Mulher debaterá feminicídios

A Comissão Permanente Mista de Combate à Violência contra a Mulher aprovou nesta quarta-feira (18) a realização de um ciclo de debates sobre feminicídio, que será realizado em data a ser definida. (Agência Senado, 18/09/2019 – acesse no site de origem) Para debater o tema, a comissão pretende ouvir… »

19.09.2019

Equador rejeita despenalizar aborto em caso de estupro

Equador rejeita despenalizar aborto em caso de estupro

Votação realizada no Congresso terminou com 65 votos a favor da despenalização, cinco a menos do que o necessário; aborto só é permitido em caso de estupro no país se mulher tiver deficiência mental A Assembleia Nacional do Equador rejeitou na noite desta terça-feira (17/09) a despenalização do aborto em… »

16.09.2019

Punir sem encarcerar: como responsabilizar autores de violência contra a mulher

Punir sem encarcerar: como responsabilizar autores de violência contra a mulher

Desde 2006, a Lei Maria da Penha garante que as vítimas de violência doméstica tenham suporte e que os autores da violência sejam responsabilizados pelos atos cometidos. Dentro da própria lei existe também um mecanismo que dá alternativas a essa responsabilização para que não seja o cárcere ou medida protetiva. »

15.09.2019

Maioria entre desempregados, brasileiras e argentinas são as que mais sofrem mais com ajustes neoliberais

Maioria entre desempregados, brasileiras e argentinas são as que mais sofrem mais com ajustes neoliberais

Precarização do trabalho aumenta com reforma trabalhista no Brasil, mas já era realidade para maioria das mulheres; no país vizinho, condições impostas por empréstimo junto ao FMI também elevam endividamento das argentinas Aline Gatto Boueri “Vivas, livres e sem dívidas” Na Argentina, dados do Ministério… »

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

O Princípio do fim das armas nucleares

2a Marcha Mundial da Paz e da Não-violência

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.