Entrevista

08.12.2019

Sonia Guajajara: “América Latina não aceita mais esse neoliberalismo, essa imposição, essas injustiças”.

Sonia Guajajara: “América Latina não aceita mais esse neoliberalismo, essa imposição, essas injustiças”.

Pressenza entrevista Sonia Guajajara na COP25 … »

07.12.2019

Racismo da imprensa invisibiliza protestos no Haiti, afirma sociólogo e jornalista

Racismo da imprensa invisibiliza protestos no Haiti, afirma sociólogo e jornalista

Por Luiza Mançano/Brasil de Fato Para Lautaro Rivara, a comunidade internacional não quer reconhecer sua responsabilidade na crise do país caribenho A América Latina vive um novo ciclo de protestos em países como Haiti,Chile e Equador. As reivindicações apresentadas pelos manifestantes, embora relacionadas à conjuntura específica de cada um dos… »

28.11.2019

“Aceitamos novas eleições mesmo sem Evo Morales”, diz ex-chanceler da Bolívia

“Aceitamos novas eleições mesmo sem Evo Morales”, diz ex-chanceler da Bolívia

Por Daniel Giovanaz/Brasil de Fato Diego Pary Rodríguez atuou como embaixador da Bolívia na OEA e diz que a entidade teve um “papel nefasto” no golpe Ministro das Relações Exteriores do governo de Evo Morales até o golpe de novembro de 2019 na Bolívia, Diego Pary Rodríguez… »

12.11.2019

As facetas do genocídio – parte 3: O genocídio em Ruanda, 1994 – entrevista com Andréia Couto

As facetas do genocídio – parte 3: O genocídio em Ruanda, 1994  –  entrevista com Andréia Couto

Na entrevista final da série “As facetas do genocídio”, falamos com Adréia Couto. Andréia é bacharel em letras pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e em jornalismo pela Universidade Paulista (UNIP), mestre em comunicação social pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP),… »

04.11.2019

As facetas do genocídio – parte 2: O expansionismo estadunidense durante o século XIX – entrevista com Ricardo Amarante Turatti

As facetas do genocídio – parte 2: O expansionismo estadunidense durante o século XIX  –  entrevista com Ricardo Amarante Turatti

Na segunda entrevista da série “As facetas do genocídio”, conversamos com Ricardo Amarante Turatti. Ricardo é bacharel, licenciado, mestre e doutor em história pela UNICAMP; no doutorado, realizou período sanduíche na Universidade de Yale, nos Estados Unidos. Desde a iniciação científica é orientado por um dos mais… »

29.10.2019

‘Não tem como pensarmos em um modelo agroexportador justo’, diz pesquisadora 

‘Não tem como pensarmos em um modelo agroexportador justo’, diz pesquisadora 

Por Annie Castro/Sul21 O cenário de ameaças, ataques, expulsão de territórios e retirada de direitos vivenciado atualmente pelos povos indígenas e quilombolas do Brasil é ainda, em grande parte, um reflexo do processo de colonização do país e também de processos de neocolonialismo. A avaliação é da pesquisadora e professora… »

28.10.2019

As facetas do genocídio – parte 1: O que é genocídio? entrevista com Rafael Campos

As facetas do genocídio – parte 1: O que é genocídio? entrevista com Rafael Campos

O genocídio fez parte do cotidiano colonial belga. Após o processo de independência política das ex-colônias, o genocídio continuou presente na República Democrática do Congo (RDC), Ruanda e Burundi, como uma má herança fruto de desdobramentos políticos e sociais que tiveram origem justamente durante o imperialismo capitalista colonial. »

24.10.2019

Joenia Wapichana: “Não há plano de governo; apenas desmonte de política pública”

Joenia Wapichana: “Não há plano de governo; apenas desmonte de política pública”

Por Catarina Barbosa / Brasil de Fato Luta pela Amazônia e pelo povos indígenas não é ideológica, diz deputada, mas em defesa da vida e da Constituição A briga entre o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e parlamentares do seu próprio partido é mais um indicativo da falta de projeto para… »

23.10.2019

‘Vivemos uma dupla opressão’, afirma ativista do feminismo comunitário

‘Vivemos uma dupla opressão’, afirma ativista do feminismo comunitário

Por Beatriz Vera Cruz, Fernanda Bastos, Helena Gomes e Victória Gurjão / Ponte Movimento apresenta as demandas das mulheres indígenas latino-americanas que acabam invisibilizadas pelas demais lutas feministas Cerca de 2.795 mulheres latino-americanas foram vítimas de feminicídio em 2017, segundo pesquisa do Observatório de Igualdade de Gênero da América Latina… »

19.10.2019

Diego Pary Rodríguez, chanceler da Bolívia: ‘Os bolivianos não querem voltar ao passado’

Diego Pary Rodríguez, chanceler da Bolívia: ‘Os bolivianos não querem voltar ao passado’

“Antes, falava-se que existiam duas Bolívias: uma dos indígenas, dos camponeses e dos trabalhadores, e outra do setor empresarial e dos setores mais abastados do país. A Assembleia Constituinte de 2006 uniu o povo boliviano e fez com que cada cidadão e cidadã se sentissem identificados com o seu Estado”. »

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

O Princípio do fim das armas nucleares

2a Marcha Mundial da Paz e da Não-violência

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.