favela

Outras infâncias

Por Cristiana Gotsis Como qualquer criança, de qualquer parte do mundo, meninos e meninas do Complexo da Maré brincam, sonham, interagem. Neste curta-metragem, tenta-se mostrar uma infância sem rótulos, longe do estereótipo de infância perdida ou roubada, tão comum para…

Movimentos de favelas resistem e lutam pelo direito à vida nos seus territórios

Por Gizele Martins para Coletivo Pretaria São muitos os desafios que nós, população das favelas do Rio de Janeiro, estamos sofrendo e enfrentando com a chegada e com o aumento do número de infectados e mortos pelo novo coronavírus (covid-19).…

Mostra de Poesia vai premiar autores de periferias brasileiras

COMUNIDADES     Você acredita na produção artística? Nas potências periféricas? O que pode contribuir para valorização e potencialização da arte nas favelas? E das pessoas que vivem nelas? À partir destas questões, a Mostra Poesia Favela Resiste lançou uma…

Remoções em meio à pandemia no Metrô-Mangueira

Por ADEP/Ação Direta em Educação Popular Desde de 2014, a comunidade do metrô-mangueira (conhecida como favelinha) sofreu uma série de remoções criminosas, tendo em vista a Copa do Mundo e as Olimpíadas. A ADEP tem apoiado a resistência da comunidade…

Aumento da pobreza, dos protestos e da repressão: a Argentina de Macri segundo líder comunitário

Por Luís Eduardo Gomes/Sul 21 Fidel Ruiz, membro do movimento social La Poderosa, fala sobre a experiência de organização de favelas na Argentina Porto Alegre recebeu neste último fim de semana o 2° Fórum Latino-americano de La Poderosa, movimento social…

Forças pacificadoras devem mudar abordagens no Complexo da Maré, no Rio

O Ministério Público Federal no Rio de Janeiro recomendou ao comando da Força de Pacificação no Complexo da Maré, zona norte da capital fluminense, mudanças nas abordagens feitas a crianças e adolescentes na comunidade. Segundo o órgão, relatos dão conta…

Manifesto: Queremos ser felizes e andar tranquilamente na favela

Durante décadas o Estado não reconheceu a favela como parte integrante da cidade, negando aos seus moradores direitos básicos. Hoje depois de 3 anos de ocupação da segurança pública no Complexo do Alemão, percebemos que ainda temos um longo caminho…