POEMA

Por Valéria Soares

 

Lunares

Estrelares

solares

preciosas.

Assim somos

Impossíveis de definição rápida

De conhecimento superficial.

Ser mulher é ter uma voz única

Mas também plural

É entender de empatia

De se sentimentos

E de eficiência.

É ser múltipla

E ser focada

É ser firme

E amorosa

É entender um pouco de tudo e sempre ter disposição para aprender

É ser Maria, Márcia, Luana, Rosa, Cristina, Solange, Kátia, Alessandra, Renata, Teresa, Estela e tantas outras.

É ser dona de casa, professora, médica, advogada, dentista, motorista, gari, prefeita, governadora.

É ser o que quiser

Onde quiser

Como quiser

É fazer-se ouvir em todo lugar.

É ser Martha, Marielle, Benedita, Djamila, Cidinha, Erondina, Angela, Michelle, Margareth, Dilma.

É vencer barreiras e construir pontes por onde outras poderão passar.

É ser História

Fazer História

É ser o concerto do que virá.