Meu desejo

24.01.2021 - Campos, RJ - Brasil - Alfredo Soares

Meu desejo
(Crédito da Imagem: Ilustração:Frida tropical por Davison Alves)
POEMA

 

 

Por C. Alfredo Soares

 

 

Meu desejo é boca vermelha de batom. Olhar penetrante de navalha afiada. Cabelos negros com cheiro de jasmim. Meu desejo tem melanina que borbulham suor no encontro. Tem saliva na língua e unhas na nuca. Arranha, marca sua presença. Meu desejo me deixa maluca. Solta como pipa avoada nas mãos do meu homem. O vento me leva embora sem me importar onde vou parar. Meu desejo me libera de mim e me entrega ao eu que realmente sou. Emocional e instintiva. Meu desejo é animal que vence os bretes e se entrega a natureza de todo ser. Nem eu consigo domá-lo. Com ele, sou integralmente feliz. Mas não pense que sou boba. Meu desejo também ferve o sangue e vira larvar função abaixo que depois que queima faz o jardim florescer.

Categorias: Ámérica do Sul, Cultura e Mídia
Tags: , ,

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

Search

Whatsapp

Pressenza Whatsapp

Informe Pressenza

Informe Pressenza

Caderno de cultura

Caderno de cultura

O Princípio do fim das armas nucleares

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Canale YouTube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.