Encontro de jovens abre a Assembleia Regional da Campanha Latino-americana pelo Direito à Educação

15.10.2020 - São Paulo, Brasil - CLADE -

This post is also available in: Inglês, Espanhol, Francês, Alemão, Grego

Encontro de jovens abre a Assembleia Regional da Campanha Latino-americana pelo Direito à Educação

Com uma breve cerimônia com representantes do povo Nagual, para entendimento e proteção da comunidade presente, e das palavras de abertura da Coordenadora Geral da Campanha Latino-americana pelo Direito à Educação (CLADE), Nelsy Lizarazo, foi iniciada a xi Assembleia Regional, que se realizará de maneira virtual neste ano e, como um processo que foi inaugurado hoje, ocorrerá todas as terças-feiras, até que se chegue às suas conclusões finais, no dia 26 de novembro de 2020.

O ciclo completo conta com tradução simultânea ao português, inglês, creole e também o Sistema de Linguagem de Sinais Internacional. Para participar, basta se inscrever no site da campanha.

Tarcila Rivera, dirigente indígena do Peru, abriu os trabalhos de hoje. Ela explicou a necessidade do diálogo entre gerações para ir recuperando o sentido da educação. Além disso, Tarcila se deteve nos casos das mulheres e, especialmente, das meninas de origem indígena que moram em ambientes rurais. Elas são, provavelmente, as menos favorecidas com as modalidades que têm afetado a educação durante esse período de pandemia.

Em seguida, vieram as intervenções de jovens representantes dos países que participam nos encontros estudantis latino-americanos: Angélica Hidalit Pedraza Villegas, do México, e Gonzalo Martínez, do Chile, quem deram ênfase ao seu entendimento da educação como um dos Direitos Humanos.

As conclusões das Mingas foram apresentadas por diferentes vozes: Andrés Ramos expôs a da Educação em comunidades urbano-populares; Keyla Ceci Aguilar, sobre Educação em comunidades Afro; Camila Cárdenas, por Educação em comunidades rurais; Koya Yarina Cabascango falou a respeito de Educação em povos indígenas. Para concluir, Jazmine Elena, do MELAC (Movimento Estudantil da América Latina e do Caribe), abordou os avanços da sistematização dos dois encontros anteriores.

Na sequência, houve a apresentação simbólica da “entrega do bastão” dos estudantes aos jovens da América Central, que darão continuidade a esses diálogos.

Foi transmitido um belo vídeo de uma cerimônia permeada com os significados dos conhecimentos ancestrais latino-americanos, sendo finalizada a primeira jornada desse encontro, com a participação de Laura Meyer e Carlos Noveroy. A eles se juntou Nelsy Lizarazo, para as palavras de despedida, aproveitando para convidar a audiência para participar da xi Assembleia Regional da CLADE, que já se encontra em andamento, desde 13 de outubro e vai até 26 de novembro, com o tema “Direito Humano à Educação: horizontes e sentidos no pós-pandemia”.


Traduzido do espanhol por Graça Pinheiro / Revisado por José Luiz Corrêa da Silva

Categorias: América Central, Ámérica do Sul, Educação, Jovens
Tags: , ,

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

Pesquisa

Dia da Não Violência

Dia da Não Violência

Informe Pressenza

Informe Pressenza

Caderno de cultura

Caderno de cultura

O Princípio do fim das armas nucleares

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Canale YouTube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.