Tony Robinson

Activista do Movimento Humanista, Director da Organização do Tratado do Médio Oriente (METO), membro do comité coordenador da Abolition 2000 - Global Network to Eliminate Nuclear Weapons, autor do livro "Café com Silo e a busca pelo sentido da vida" e produtor do filme " O Princípio do Fim das Armas Nucleares".

Prêmios Right Livelihood 2012 vão para o Reino Unido, EUA, Afeganistão e Turquia

A edição de 2012 dos Prémios Right Livelihood, Prêmios Nobel alternativos, foram anunciados hoje na Suécia. De acordo com o júri, os Laureados de 2012, definem as condições essenciais para a paz e para a segurança mundial”. Os prêmios são…

Presidente da Croácia recebe equipe da Marcha Mundial pela Paz e a Não Violência em Zagreb

Uma delegação da Marcha Mundial pela Paz e a Não Violência da rota dos Balcãs teve uma reunião com Stjepan Mesic, presidente da Croácia. Durante o encontro foram apresentadas as propostas da Marcha Mundial e um pedido de adesão do presidente à Carta Nobel para um Mundo sem Violência, que concordou em assinar o documento.

Mundo sem Guerras entrega pedido de expulsão das bases estadunidenses do Japão

No terceiro e último dia no Japão, a equipe base da Marcha Mundial pela Paz e a Não Violência reivindicou que o governo japonês exija a retirada das bases americanas de seu território, segundo reivindicações de organizações pacifistas e cidadãos japoneses. O encaminhamento da proposta realizado junto ao Ministério das Relações Exteriores foi considerado “inédito”.

Mil velas para a Paz em Hiroshima

As velas foram acesas de forma a soletrar o clamor da população mundial a favor da demanda “Nuclear Free Now!” O ato fez parte de um evento chamado No Nukes 2020 organizado pela Fundação de Cultura da Paz de Hiroshima, uma organização criada em abril de 1998 pela cidade de Hiroshima com os objetivos de promover a paz e a cooperação internacional.

Centenas de pessoas protestam em Kioto contra a guerra, pobreza e discriminação

Entre os manifestantes estavam grupos de mulheres, organizações contra a permanência das bases americanas, movimentos esquerdistas, entidades contra a energia nuclear e grupos pacifistas que defendem o artigo 9 da constituição japonesa. Também marcaram presença os representantes da Marcha Mundial pela a Paz e a Não violência.

Carta dirigida aos Chefes de Estado do Conselho de Segurança ONU apela à urgência de realizar ações concretas rumo à abolição das armas nucleares

Com a proximidade da sessão especial do Conselho de Segurança das Nações Unidas, de 24 de setembro, a rede Abolition 2000 apela aos líderes mundiais para que “concentrem as suas atenções na urgência em dar passos concretos no sentido de caminhar em direção a um mundo livre de armas nucleares, com base no plano elaborado pelo secretário geral Ban Ki Moon”.

Artistas de todo o mundo são convidados para criar uma galeria virtual de “Arte pela Paz”

Uma nova iniciativa foi lançada na República Tcheca: uma galeria de arte virtual com peças inspiradas na paz e na não-violência. Chamada de “Arte para a Paz”, a iniciativa está reunindo imagens criadas por artistas em todo o mundo que serão usadas por ativistas da Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência em seus eventos.

Marcha Mundial pela Paz é apresentada nas Nações Unidas e recebe apoio de delegados

Conselho chileno leva campanha internacional pela paz e pela não violência para a ONU. Apresentação dos porta-vozes da marcha conquista adesão de delegados e Ongs de diversos países.

1 2 3