Riccardo Petrella

Doutor em Ciências Políticas e Sociais, grau honorário em oito universidades: na Suécia, Dinamarca, Bélgica (2x), Canadá, França (2x) e Argentina. Professor emérito da Universidade Católica de Lovaina (Bélgica); Presidente do Institut Europeen de Recherche sur la Politique de L'Eau (IERPE), em Bruxelas (www.ierpe.eu); Presidente da "Universidade de bens comuns" (UBC), uma associação sem fins lucrativos ativas na Antuérpia (Bélgica) e Sezano (Verona, IT); de 1978 a 1994, liderou o departamento FAST (Forecasting and Assessment in Science and Technology) das Comunidades Europeias em Bruxelas; e de 2005 a 2006, foi o presidente do Aqueduto Apuliano. É autor de vários livros sobre economia e bens comuns.

A luta pela saúde de todos passa pela abolição das patentes das vacinas

O sopro da vida não vem das tempestades dos governantes. Vem dos direitos universais e dos bens públicos globais. O discurso apaixonado da eurodeputada do GUE/NGL, Manon Aubry, no Parlamento Europeu, criticando severamente a política da Comissão Europeia na luta contra…

Água, “a commodity final”*, entrou para o mercado de ações. Pobre água!

A entrada para a Bolsa de Valores é o resultado de uma longa série de etapas. No começo houve… a ‘petrolização’ da água. Foi anunciado, proclamado desde a década de 1970. A “petrolização da água” (1) conduziu a maneira como…

No mercado global das potenciais vacinas contra a COVID-19 é possível ganhar milhões sem ao menos curar um paciente

Esse é o caso do presidente da Pfizer. Inacreditável, e mesmo assim, ele conseguiu. Em 9 de novembro, Albert Bourla disse ao Washinton Post que a vacina desenvolvida por sua empresa em conjunto à empresa alemã BioNTech, foi considerada 90%…

Covid-19. A saúde pública mundial continua sendo uma “coisa privada”. Longe dos direitos, próxima aos mercados

Os Estados Unidos de Trump tentaram de todas as maneiras possíveis descarrilar a 75ª Assembleia Geral da ONU, e assim hipotecar o futuro das Nações Unidas. Em 24 de setembro, a China de XI Jinping, declarando inesperadamente que seu país…

Água: é necessário voltar a estatiza-la

Este 28 de Julho “celebramos” o 10º aniversário da resolução da ONU que reconhece o direito humano (universal, indivisível e imprescindível) à água potável e ao saneamento. Infelizmente, a situação é tal que a vida evoluiu como se a decisão…