CONTO

Por Valéria Soares

 

Ruiva, sardenta, magra.

_ Foguinho!

_ Espiga de milho!

_ Labareda!

Moleque, pés descalços, bermuda, banho de rio.

_ Nem parece uma menina!

_ Olha só que modos!

_ Nunca a vi de vestido!

_ Cruzes!

Briguenta, desaforada, petulante.

_ Não tem educação!

_ Veja bem como fala com os mais velhos!

_ Boca suja!

_ Essa não tem jeito.

_ Não quero você falando com ela!

_ Vai acabar sozinha!

_ Duvido que arranje marido!

Descoberta, desvendada, revelada…

_ Moranguinho…

_ Hum!?

_Você parece um moranguinho com todas essas pintinhas.

_ Pareço?

_ Sim. Seus cabelos…

_ O que tem meus cabelos?

_ Você os roubou do Sol para ofuscar meus olhos?

_ …

_ Você é linda, sabia?

_ !!!!

_ Hei! Volte aqui!

Menina, moça, feminina, mulher.

_ Não acredito!

_ O filho do Prefeito?

_ Dizem que está completamente apaixonado por ela.

_ Por aquele bichinho chucro!!??

_ Oi.

_ Oi.

_ Você está perfumada.

_ Estou.

_ Está linda de vestido!

_ Obrigada!

_ O que você quer fazer? Vamos ao cinema? Ao parque? À lanchonete?

_ Não sei…

_ Você escolhe.

_ Vamos tomar banho de rio?

_ Vamos, meu moranguinho!