POESIA

 

 

Por Luiza Machado

 

 

E o que se pode dizer das paixões?

Elas são ardentes e tão imprevisíveis

faz dos apaixonados insensíveis

a tudo que não ama em mesmas proporções

tão incendiárias e destrutivas

com idas e vindas. Recidivas

enlouquece dos jovens os corações

Causa dor e prazer tão assertiva

Mas qual poder tem o drama?

Tal como uma labaredas, a língua difama

Quando distraído o cupido

Do amor nascem dois vilões