35 mil alunos de 132 escolas fizeram símbolos humanos na campanha “Paz e Não-Violência”

05.08.2019 - Mundo sem Guerras

This post is also available in: Inglês, Espanhol, Francês, Grego

35 mil alunos de 132 escolas fizeram símbolos humanos na campanha “Paz e Não-Violência”

Mais um ano, em continuidade à “campanha” iniciada no ano passado, símbolos humanos de paz e não-violência foram realizados em muitos centros educativos.

Desde 1964, o Dia Escolar da Não-Violência e da Paz[ii] é celebrado a 30 de Janeiro, em memória da morte de Gandhi. Esta data, reconhecida pela UNESCO em 1993, recorda a necessidade de educar para a tolerância, a solidariedade, o respeito aos direitos humanos, a não-violência e a paz.

No passado mês de Janeiro, mais de 80 escolas, com a participação de cerca de 25.000 alunos de toda a Espanha, ofereceram numerosos testemunhos e experiências através de uma ampla gama de actividades relacionadas com a ocasião desta celebração internacional.

Para mostrar a ampla participação foi criado o espació pazynoviolencia.org, que reúne fotografias que mostram a cor e o compromisso dos alunos e a geolocalização das escolas participantes.
Em vários pontos, foi toda a comunidade educativa que se envolveu no desenvolvimento das atividades, enquanto em outros a atividade foi levada para além do próprio centro, atingindo os espaços públicos de várias cidades.

A campanha de conscientização sobre a não-violência – promovida pela World without Wars and without Violence (MSGySV) – começou em janeiro de 2017, comemorando seu primeiro ano com a participação de 132 escolas com mais de 35 mil participantes.

Além do campo educacional, símbolos foram feitos em alguns coletivos da terceira idade. O clube de futebol Rayo Vallecano também fez a sua contribuição quando todas as crianças e jovens jogadores participaram da realização dos símbolos humanos.

Em suma, o poder desta campanha encoraja-nos a querer repeti-la todos os anos, alargando-a mesmo internacionalmente.

Esta campanha tem o seu contexto num conjunto de actividades destinadas a criar as condições para o lançamento da 2ª Marcha Mundial que terá lugar em Novembro de 2018, no âmbito do II Fórum sobre Violência Urbana e Educação para a Coexistência e a Paz, promovido pela Câmara Municipal de Madrid.

Categorias: Direitos Humanos, Diversidade, Humanismo e Espiritualidade
Tags:

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

O Princípio do fim das armas nucleares

2a Marcha Mundial da Paz e da Não-violência

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.