Projeto de nova Constituição em Cuba, o povo tem a palavra

24.07.2018 - La Habana, Cuba - Prensa Latina

Projeto de nova Constituição em Cuba, o povo tem a palavra
Prensa Latina TV

A Assembleia Nacional do Poder Popular (Parlamento) convocou os cubanos a emitirem opiniões sobre um projeto de Constituição que busca substituir a carta magna vigente desde 1976 por um documento baseado nas transformações em curso na ilha.

Reunidos na primeira sessão plenária da IX Legislatura (2018-2023), os deputados acordaram ontem no Palácio de Convenções de Havana que a realização da consulta popular será de 13 de agosto a 15 de novembro, processo após o qual o texto retornará ao Parlamento.

Enriquecido pela opinião dos habitantes da ilha, o projeto de nova Constituição se perfilará então na Assembleia Nacional para um referendo que definirá sua aprovação ou não.

Merece destaque o objetivo de levar a discussão a todo o povo de um documento que está em sintonia com as transformações para aperfeiçoar o socialismo cubano, afirmou em entrevista com a Prensa Latina o deputado José Ángel Portal, recém-designado ministro de Saúde Pública.

De acordo com Ángel Portal, o projeto está à altura do momento histórico que vive a Revolução, e o importante agora é a consulta popular.

A secretária-geral da Federação de Mulheres Cubanas, Teresa Amarelle, e o presidente da Federação Estudantil Universitária, Raúl Alejandro Palmero, também comentaram à Prensa Latina sobre a necessidade de que o país conte com uma legislação de leis adequadas aos avanços na atualização do modelo socioeconômico.

Ao intervir ontem no encerramento da primeira sessão ordinária da IX Legislatura, o presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, ressaltou a importância da consulta, por se tratar de um ‘exercício de participação direta do povo’, que ‘adquire a maior relevância política e será mais um reflexo de que a Revolução se sustenta na mais genuína democracia’.

Cada cubano poderá expressar livremente suas opiniões e contribuir para alcançar um texto constitucional que reflita o presente e o futuro da Pátria, insistiu.

O projeto de nova Constituição ratifica o caráter socialista de Cuba e recolhe mudanças na estrutura do Estado, entre estas a criação dos cargos de presidente e vice-presidente da República, e de primeiro-ministro, substituindo o atual presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros.

Também amplia os direitos das pessoas, com questões como as garantias do devido processo, o Habeas Corpus, a presunção de inocência e a reinserção social dos privados de liberdade.

Também recolhe várias formas de propriedade, entre elas a socialista de todo o povo, a mista e a privada; e mudanças na instituição do matrimônio, já que define-o como a união entre duas pessoas, enquanto a carta magna vigente o reflete como a união acordada voluntariamente entre um homem e uma mulher.

A proposta relacionada com a modificação da instituição do matrimônio foi uma das mais debatidas aqui, e talvez a mais repercutida a nível internacional.

Categorias: América Central, Política
Tags: , , ,

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

Search

Whatsapp

Pressenza Whatsapp

Informe Pressenza

Informe Pressenza

Caderno de cultura

Caderno de cultura

O Princípio do fim das armas nucleares

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Canale YouTube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.