5 Razões porque um militar não está preparado para lidar com alunos

09.11.2017 - Redação São Paulo

This post is also available in: Espanhol

5 Razões porque um militar não está preparado para lidar com alunos

Listamos 05 motivos porque somos  contra militares administrarem escolas públicas:

1- Militares não estão preparados para debater idéias com os alunos, qualquer divergência ou discussão já descambam para agressão, pois querem obediência cega e não aceitam objeçoes e questionamentos.

2 – Nessas escolas, as crianças e os jovens não sabem o que é liberdade. São o tempo todo submetidas a um regime disciplinar arbitrário, ao pior estilo “Vigiar e Punir” (ver livro de Michel Foucault sobre espaços de dominação e “fabricação” de indivíduos por meio da disciplina).

3 – Não são ensinadas a dar valor aos seus direitos, garantias e liberdades às quais têm ou deveriam ter acesso.

4 – Aprendem que, para serem “bons” cidadãos, devem simplesmente obedecer a quem tem poder, mesmo que isso os tolha de suas individualidades e direitos. Mesmo que isso perpetue ainda mais as desigualdades e a discriminação.

5 – São ensinadas a aplicar o mesmo regime de dominação rigorosa caso se tornem os futuros detentores de poder (político, militar, econômico, religioso etc.). Repetindo o ciclo de dominação e violência na qual se formaram.

Muitas pessoas “aplaudem” as novas escolas militares. Justificam-se dizendo que antes esses locais eram entregues à criminalidade, neles não dava para se aprender nada e agora os estudantes estão aprendendo a “ter valores morais” e se dedicando “de verdade” aos estudos. Mas isso é uma ilusão, não funciona.

Uma educação verdadeira precisa de amor e bondade, não de castigo e repressão.

EDUCAR É INSPIRAR E NÃO REPRIMIR

Militarizar escolas públicas para supostamente acabar com a violência é uma péssima idéia, veja o que aconteceu no mês passado:

Voltando aos cinco pontos e forma resumida:
1) Policial Militar foi treinado para policiar e não para educar.
2) Falta de Liberdade e de expressão dos alunos
3) Violências físicas e psicológicas
4) Obediência Cega às autoridades mesmo em casos flagrantes de discriminação e injustiças cometidas por estas mesmas autoridades
5) Reprodução do ciclo de violência e de dominação com pessoas consideradas mais “fracas”.

Todos estes pontos podem ser observados na metodologia que os militares são formados e são bastante conhecidos por quem estuda pedagogia. Professores educam, policiais policiam. Simples assim.

Obs – Não somos contra os militares terem suas academias e escolas para formação de sargentos, cadetes, oficiais, etc. Somos contra a militarização de escolas públicas, tal como está ocorrendo em Goiás. Pelos cinco motivos citados acima. Não confunda as duas coisas.

Obs 2 – Sobre a doutrina militar em si, ela é destinada para militares e não para crianças e adolescentes. Simples assim. Militares seguem a lei marcial, as crianças e adolescentes seguem o ECA. Isso é o que diz a legislação brasileira.

Categorias: Ámérica do Sul, Educação, Não violência, Opinião, Video
Tags: ,

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.