5 Razões porque um militar não está preparado para lidar com alunos

09.11.2017 - Redação São Paulo

This post is also available in: Espanhol

5 Razões porque um militar não está preparado para lidar com alunos

Listamos 05 motivos porque somos  contra militares administrarem escolas públicas:

1- Militares não estão preparados para debater idéias com os alunos, qualquer divergência ou discussão já descambam para agressão, pois querem obediência cega e não aceitam objeçoes e questionamentos.

2 – Nessas escolas, as crianças e os jovens não sabem o que é liberdade. São o tempo todo submetidas a um regime disciplinar arbitrário, ao pior estilo “Vigiar e Punir” (ver livro de Michel Foucault sobre espaços de dominação e “fabricação” de indivíduos por meio da disciplina).

3 – Não são ensinadas a dar valor aos seus direitos, garantias e liberdades às quais têm ou deveriam ter acesso.

4 – Aprendem que, para serem “bons” cidadãos, devem simplesmente obedecer a quem tem poder, mesmo que isso os tolha de suas individualidades e direitos. Mesmo que isso perpetue ainda mais as desigualdades e a discriminação.

5 – São ensinadas a aplicar o mesmo regime de dominação rigorosa caso se tornem os futuros detentores de poder (político, militar, econômico, religioso etc.). Repetindo o ciclo de dominação e violência na qual se formaram.

Muitas pessoas “aplaudem” as novas escolas militares. Justificam-se dizendo que antes esses locais eram entregues à criminalidade, neles não dava para se aprender nada e agora os estudantes estão aprendendo a “ter valores morais” e se dedicando “de verdade” aos estudos. Mas isso é uma ilusão, não funciona.

Uma educação verdadeira precisa de amor e bondade, não de castigo e repressão.

EDUCAR É INSPIRAR E NÃO REPRIMIR

Militarizar escolas públicas para supostamente acabar com a violência é uma péssima idéia, veja o que aconteceu no mês passado:

Voltando aos cinco pontos e forma resumida:
1) Policial Militar foi treinado para policiar e não para educar.
2) Falta de Liberdade e de expressão dos alunos
3) Violências físicas e psicológicas
4) Obediência Cega às autoridades mesmo em casos flagrantes de discriminação e injustiças cometidas por estas mesmas autoridades
5) Reprodução do ciclo de violência e de dominação com pessoas consideradas mais “fracas”.

Todos estes pontos podem ser observados na metodologia que os militares são formados e são bastante conhecidos por quem estuda pedagogia. Professores educam, policiais policiam. Simples assim.

Obs – Não somos contra os militares terem suas academias e escolas para formação de sargentos, cadetes, oficiais, etc. Somos contra a militarização de escolas públicas, tal como está ocorrendo em Goiás. Pelos cinco motivos citados acima. Não confunda as duas coisas.

Obs 2 – Sobre a doutrina militar em si, ela é destinada para militares e não para crianças e adolescentes. Simples assim. Militares seguem a lei marcial, as crianças e adolescentes seguem o ECA. Isso é o que diz a legislação brasileira.

Categorias: Ámérica do Sul, Educação, Não violência, Opinião, Video
Tags: ,

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


Apresentação de vídeo: O que é a Pressenza

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.