A estreia mundial de “Além da Vigança (Beyond Revenge)” aconteceu em Berlim no dia 2 de outubro

07.10.2016 - Redacción Madrid

This post is also available in: Inglês, Espanhol, Alemão, Grego

A estreia mundial de “Além da Vigança (Beyond Revenge)” aconteceu em Berlim no dia 2 de outubro

No dia 2 de outubro, dia internacional da não violência, foi feita a primeira exibição do documentário “Além da Vigança (Beyond Revenge)” no congresso mundial do Gabinete Internacional Permanente para a Paz, cujo tema deste ano é “Desarme! Por um clima de paz”. Foi exibido às 16h30 na Universidade Técnica de Berlim.

O diretor, Álvaro Orus, e o produtor, Luz Jahnen, estiveram presentes para um bate-papo com a plateia após a exibição.

“Além da Vigança”, um filme de Álvaro Orus e Luz Jahnen, trata de violência, vingança e reconciliação e busca explicar, por meio do depoimento de diferentes pessoas, “como a vingança acaba por governar a nossa sociedade e as nossas próprias vidas”, ao mesmo tempo em que mostra a possibilidade de optar por um caminho de profunda reconciliação como base da libertação pessoal e uma possível sociedade futura que seja menos violenta.

Ao transmitir o filme dentro desse congresso mundial, seus produtores visam contribuir “com um grãozinho de areia para ‘a construção de um clima de paz’ por meio da voz de homens e mulheres que, diante de um evento que dolorosamente marcou suas histórias de vida, conscientizam-se do quanto o ressentimento e a vingança foi inculcado nas suas mentes e corações, condicionando suas vidas, e, assim, escolhem abrir-se à possibilidade de reconciliação com aqueles que os feriram, mesmo que isso, por vezes, cause incompreensão por parte dos seus entes queridos.

O tom íntimo e vibrante que o documentário assume em certos momentos permite aos produtores lidar com o tema da vingança em um contexto social e histórico, em que a história ocidental é explorada com o intuito de se descobrir como a vingança se institucionalizou e acabou por se tornar parte constitutiva da nossa cultura, incluindo arte e religião.

O espanhol Álvaro Orus já dirigiu outros documentários, alguns com um teor mais social, outros de cunho mais “psicológico”, porém todos com um foco humanístico.

Para o produtor, Luz Jahnen, esta é a sua primeira incursão no mundo cinematográfico, depois de anos investigando os temas da violência, vingança e reconciliação, escrevendo sobre esses assuntos e organizando workshops sobre os mesmos.

“Além da Vigança” é um projeto não comercial, empreendido graças à contribuição voluntária de mais de 40 pessoas do mundo todo. Será distribuído gratuitamente.

O filme também foi exibido às 12h, no Cine Alameda, em Santiago, no Chile, e encerrará, no dia 7 de outubro, a competição de filmes FICNOVA (“The Active Nonviolence Film Festival”), que conta com 237 filmes de 33 países diferentes.

Tantos Orus quanto Jahnen bateram um papo com a plateia depois da apresentação.

 

Tradução do inglês por Gabriel Brum.

Categorias: Cultura e Mídia, Humanismo e Espiritualidade, Internacional, Nota de imprensa
Tags: , , , ,

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


2a Marcha Mundial da Paz e da Não-violência

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.