A estreia mundial de “Além da Vigança (Beyond Revenge)” aconteceu em Berlim no dia 2 de outubro

07.10.2016 - Redacción Madrid

This post is also available in: Inglês, Espanhol, Alemão, Grego

A estreia mundial de “Além da Vigança (Beyond Revenge)” aconteceu em Berlim no dia 2 de outubro

No dia 2 de outubro, dia internacional da não violência, foi feita a primeira exibição do documentário “Além da Vigança (Beyond Revenge)” no congresso mundial do Gabinete Internacional Permanente para a Paz, cujo tema deste ano é “Desarme! Por um clima de paz”. Foi exibido às 16h30 na Universidade Técnica de Berlim.

O diretor, Álvaro Orus, e o produtor, Luz Jahnen, estiveram presentes para um bate-papo com a plateia após a exibição.

“Além da Vigança”, um filme de Álvaro Orus e Luz Jahnen, trata de violência, vingança e reconciliação e busca explicar, por meio do depoimento de diferentes pessoas, “como a vingança acaba por governar a nossa sociedade e as nossas próprias vidas”, ao mesmo tempo em que mostra a possibilidade de optar por um caminho de profunda reconciliação como base da libertação pessoal e uma possível sociedade futura que seja menos violenta.

Ao transmitir o filme dentro desse congresso mundial, seus produtores visam contribuir “com um grãozinho de areia para ‘a construção de um clima de paz’ por meio da voz de homens e mulheres que, diante de um evento que dolorosamente marcou suas histórias de vida, conscientizam-se do quanto o ressentimento e a vingança foi inculcado nas suas mentes e corações, condicionando suas vidas, e, assim, escolhem abrir-se à possibilidade de reconciliação com aqueles que os feriram, mesmo que isso, por vezes, cause incompreensão por parte dos seus entes queridos.

O tom íntimo e vibrante que o documentário assume em certos momentos permite aos produtores lidar com o tema da vingança em um contexto social e histórico, em que a história ocidental é explorada com o intuito de se descobrir como a vingança se institucionalizou e acabou por se tornar parte constitutiva da nossa cultura, incluindo arte e religião.

O espanhol Álvaro Orus já dirigiu outros documentários, alguns com um teor mais social, outros de cunho mais “psicológico”, porém todos com um foco humanístico.

Para o produtor, Luz Jahnen, esta é a sua primeira incursão no mundo cinematográfico, depois de anos investigando os temas da violência, vingança e reconciliação, escrevendo sobre esses assuntos e organizando workshops sobre os mesmos.

“Além da Vigança” é um projeto não comercial, empreendido graças à contribuição voluntária de mais de 40 pessoas do mundo todo. Será distribuído gratuitamente.

O filme também foi exibido às 12h, no Cine Alameda, em Santiago, no Chile, e encerrará, no dia 7 de outubro, a competição de filmes FICNOVA (“The Active Nonviolence Film Festival”), que conta com 237 filmes de 33 países diferentes.

Tantos Orus quanto Jahnen bateram um papo com a plateia depois da apresentação.

 

Tradução do inglês por Gabriel Brum.

Categorias: Cultura e Mídia, Humanismo e Espiritualidade, Internacional, Nota de imprensa
Tags: , , , ,

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.