Começou ontem, em Porto Alegre, o Fórum Social das Resistências, evento inserido dentro dos processos do Fórum Social Mundial que começará no México no próximo dia 1º de maio. Cinco jovens canadenses integrantes da ONG Katalizo1, participarão de forma presencial do fórum e compartilharão com Pressenza suas experiências e impressões, que publicaremos diariamente. Iniciamos hoje com sua primeira entrega: uma breve introdução, a apresentação da equipe, e suas primeiras imagens de Porto Alegre.

O Fórum Social Mundial (FSM) foi inaugurado em Porto Alegre (Brasil) em 2001. Desde então, várias edições foram realizadas em todo o mundo: na Índia, em Mali, na Venezuela, na Tunísia, no Canadá (Montreal), entre outros países. No âmbito desse processo, dezenas de subfóruns temáticos e regionais também foram criados. De 26 a 30 de abril deste ano, em Porto Alegre, precisamente no local onde nasceu o FSM, ocorrerão dois desses fóruns temáticos: o Fórum Social das Resistências (FSR) e o Fórum Social da Justiça e da Democracia. Estes serão os nossos “correspondentes”:

Maria Fustic

Maria tem um mestrado em Gestão Pública Internacional e está especialmente interessada em como o mundo é gerenciado por meio das estruturas/sistemas econômicos, políticos e sociais. Está muito empenhada em apoiar formas alternativas de governança, como a economia social e solidária e a governança indígena. Está ansiosa para descobrir a cidade e o povo de Porto Alegre, cujo slogan “Outro mundo é possível” foi aclamado pela primeira vez há mais de 20 anos.

Gérémy Côté

Gérémy estuda atualmente bacharelado em Economia Internacional na Universidade da Colúmbia Britânica. Está muito comprometido com sua comunidade em Rimouski (sua cidade-natal) e se descreve como preocupado com as várias questões de desigualdade fiscal. Espera se unir à delegação da Katalizo no Brasil e participar dos intercâmbios da FSR.

François Loza

Estudante de mestrado em Assuntos Públicos e Internacionais na Universidade de Montreal, François se interessa especialmente pela cooperação internacional, a governança e a participação cidadã. Desde o ano passado, participa dos processos do FSM e do FSR. Espera participar das atividades do FSR para descobrir os diferentes agentes sociais da América Latina e as múltiplas questões sociais que afetam esta região do mundo.

LaëtitiaVu

Laëtitia é bacharel em Estudos Internacionais, com especialização em Direito e Governança, e atualmente cursa um mestrado em Assuntos Públicos e Internacionais na Universidade de Montreal. Ela vem colaborando com Katalizo há três anos, participando dos processos do FSM e do FSMET (Fórum Social Mundial de Economias Transformadoras), e atualmente é assistente de gestão. Está há muito tempo preparando o FSR e deseja participar das atividades, além de descobrir Porto Alegre, seu povo e sua cultura. Ela está convencida de que sairá com a cabeça cheia de novas ideias e de encontros inspiradores.

Stephanie Doucet-Champeau

Bacharel em Estudos Internacionais e atualmente cursando um mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável na Universidade de Montreal, o principal interesse de Stephanie está nos movimentos socioambientais de resistência às empresas mineiras na América Latina. Por isso, está entusiasmada em participar do FSR e em conhecer melhor os atores diretamente envolvidos nas lutas no Brasil e na América Latina em geral.


¹ Instagram: @katalizo_org | Facebook: @katalizo

Traduzido do espanhol por Graça Pinheiro