Declaração da Organização do Tratado do Oriente Médio a respeito do assassinato de Mohsen Fakhrizadeh

03.12.2020 - Londres, Reino Unido - Middle East Treaty Organization

This post is also available in: Inglês, Francês, Alemão, Grego

Declaração da Organização do Tratado do Oriente Médio a respeito do assassinato de Mohsen Fakhrizadeh

A Organização do Tratado do Oriente Médio (Middle East Treaty Organization – METO) condena, com toda a veemência, o assassinato do cientista iraniano Mohsen Fakhrizadeh, noticiado hoje pelos meios de comunicação. O Irã alegou que esse crime foi executado por agentes israelenses; outras notícias sugerem que, possivelmente, o crime foi apoiado pela administração de Donald Trump em final de mandato.

Este é um ato deliberado que tem o objetivo de destruir qualquer tentativa futura de reparar o JCPoA (Plano de Ação Conjunto Abrangente), que vem a ser o acordo internacional sobre o programa nuclear iraniano, assinado em 14 de julho de 2015, entre a República Islâmica do Irã, o P5+1 (Alemanha, China, Estados Unidos, França, Reino Unido, Rússia) e a União Europeia. É um esforço deliberado para provocar os iranianos e criar um conflito que levará a muitas mortes e, provavelmente, a um programa de armas de destruição em massa (ADM) em muitos países do Oriente Médio. Claramente, atos como esse são potencialmente explosivos e retratam a verdadeira natureza tanto daqueles que os executam como dos seus simpatizantes. Além disso, alimentam as visões extremistas existentes no Irã, enquanto enfraquecem as opiniões moderadas.

Sharon Dolev, Diretora-Executiva da METO, afirmou que “Matar um funcionário em qualquer organização não é implica interromper o programa, já que ninguém é insubstituível. Porém, quando um Estado decide partir para uma ação como essa , não é porque deseja parar o programa, mas porque visa colocar lenha na fogueira e atiçar as chamas da tensão. Mataram esse homem para forçar uma reação por parte do governo iraniano. Além de ser um crime, é uma irresponsabilidade. O que temos que fazer é esperar que outros Estados da região e os Estados Unidos façam o que estiver ao seu alcance para reduzir essas chamas.”

A METO demanda do presidente eleito Joe Biden que ele anuncie, o quanto antes, os detalhes do seu plano para trazer os Estados Unidos de volta ao JCPoA, com o objetivo de minimizar os danos causados pelas ações imprudentes vistas ontem. O Irã tem sido alvo de sanções durante anos, que causaram e ainda são responsáveis por um efeito devastador na vida dos cidadãos iranianos comuns. O Irã necessita ver a luz no fim do túnel para ter esperança de que os Estados Unidos vão honrar as promessas feitas durante as negociações do JCPoA, em 2015. Essa é uma condição essencial para diminuir as tensões em toda a região da zona livre das ADM, tal como proposto e que é imprescindível para estabelecer um mundo seguro.

Para consultas da imprensa:

Sharon Dolev (em hebraico e inglês) +972 52-848-0543, sharon@wmd-free.me
Emad Kiyaei (em inglês e farsi) +1 (631) 371-9292, emad@wmd-free.me
Paul Ingram (em inglês) +44 7908 708175, paul@wmd-free.me


Traduzido do inglês por Graça Pinheiro / Revisado por José Luiz Corrêa da Silva

Categorias: Nota de imprensa, Oriente Médio, Paz e Desarmamento
Tags: , ,

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

Search

Whatsapp

Pressenza Whatsapp

Informe Pressenza

Informe Pressenza

Caderno de cultura

Caderno de cultura

O Princípio do fim das armas nucleares

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Canale YouTube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.