Nova Zelândia aprova com 119 de 120 legisladores projeto para restringir armas no país

03.04.2019 - São Paulo, Brasil - Mídia NINJA

This post is also available in: Francês

Nova Zelândia aprova com 119 de 120 legisladores projeto para restringir armas no país
Primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern. (Crédito da Imagem: Mídia NINJA)

O Parlamento da Nova Zelândia aprovou em primeira votação, com apoio de 119 dos 120 congressistas, um projeto de lei para restringir a posse de armas no país. A votação teve apoio de congressistas tanto liberais quanto conservadores.

Essa foi a primeira de três votações pelas quais o texto passará antes de virar ser sancionado. A medida quer proibir os cartuchos de alta capacidade e os tipos de armamento semiautomático, de estilo militar, usados no massacre do mês passado em duas mesquitas, na cidade de Christchurch, deixando 50 pessoas mortas.

No dia 20 de março, a premiê neozelandesa, Jacinda Ardern, anunciou que a venda desse tipo de arma seria proibida no país a partir de 11 de abril.

Mais de 14 mil pessoas, afirma a Associated Press, assinaram uma petição entregue ao Parlamento que diz que as mudanças legislativas são “injustas” para cidadãos que obedecem à lei e que estão sendo motivadas por emoções.

Categorias: Não violência, Oceânia, Paz e Desarmamento
Tags: , , ,

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.