Telegram

Uma carta para o Telegram

Por Raphael Pinheiro* “Querido Telegram, saiba que no ano que passou, eu fui um bom menino. Não me lembro de ter compartilhado nenhuma fake news e tampouco participei de grupos com atividades ilícitas. Por isso, gostaria de pedir que garantissem…