Segunda Guerra

Húngaros deixam sapatos na estação para a chegada de refugiados

Em inglês há a expressão “to be in someone’s shoes” (estar nos sapatos de alguém), ou seja, entender o que as outras pessoas passam. Húngaros que entendem, seja por experiência própria ou não, se solidarizam e agem para ajudá-los.

Reino Unido – Morre aos 106 anos Nicholas Winton, o “Schindler britânico”

Filho de judeus alemães, Winton foi responsável por salvar mais de 600 crianças do Holocausto, organizando comboios de trem de Praga até o Reino Unido. Seus esforços ficaram sem ser revelados por quase meio século. Nicholas Winton, que ajudou a…