Isabelle Bourgeois

Periodista suiza

24.10.2009

Equipe internacional é recebida pela Fundação Gorbachov na Rússia

Dezenas de membros da Marcha Mundial pela Paz e a Não Violência foram recebidos pela diretora da Fundação Gorbachov, Olga Mikhailovna, em Moscou. O porta-voz da equipe, Rafael de La Rubia entregou o Manifesto pela Paz e Não Violência, e falou sobre a importância da passagem da marcha pela Rússia, onde ele mesmo fundou a associação “Mundo sem Guerras” em 1994. »

16.10.2009

Depois de 56 anos, a Marcha Mundial é a primeira a entrar na zona desmilitarizada situada entre as duas Coréias

Os marchantes pela paz não vieram em vão à Coréia do Sul. A visita que fizeram ao país conhecido como “o país da manhã tranqüila”, tornou possível que pela primeira vez se congregassem estrangeiros ao longo da zona fronteiriça entre os dois Estados, chamada de “zona desmilitarizada”, um dos lugares mais militarizados do mundo. »

09.10.2009

Filipinos fazem símbolo humano da paz e não violência com mais de 12 mil jovens

A Marcha Mundial pela Paz e a Não Violência chegou a um ponto culminante na manhã do último dia 7 de outubro. Os membros da Equipe Base foram convidados a presenciar, de um lugar alto, o maior símbolo humano da paz já formado, realizado com perfeição por milhares de alunos das escolas da cidade do Lucena, no sul das Filipinas. »

03.10.2009

Equipe internacional leva manifesto dos prêmios nobel da paz na travessia pelos 5 continentes

A Marcha Mundial pela Paz e a Não Violência acaba de aceitar a incumbência de ser a embaixadora da "Carta por um Mundo sem Violência" elaborada por 19 membros dos Prêmios Nobel da Paz. O povo Moriori, habitantes originários das Ilhas Chatham e pioneiros na construção da paz, é o primeiro, entre os membros da Marcha Mundial, a aderir a esta Carta. »

02.10.2009

Começa a travessia da Marcha Mundial na Nova Zelândia

Uma multidão de pacifistas provenientes dos cinco continentes se reuniu hoje, 2 de outubro, em Wellington, aos pés da estátua de Mahatma Gandhi, o pai da Não Violência, doada pelo Conselho Indiano de Relações Culturais. A multidão compareceu, apesar do vento e do frio, para dar seu apoio à Marcha Mundial pela Paz e a Não Violência. »

30.09.2009

Maoris recebem equipe internacional da Marcha pela Paz e a Não Violência na Nova Zelândia

Membros da Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência completaram a preparação do primeiro evento ao lado de 250 neozelandeses, entre os quais se encontravam membros importantes da comunidade Maori. Um excelente começo para a Equipe de Base! Mais de 250 pessoas estiveram presentes para prestigiar a Equipe Internacional da Marcha pela Paz bem no coração de Auckland. »

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


2a Marcha Mundial da Paz e da Não-violência

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.