Snowden comemorou a recusa da Justiça britânica em extraditar Assange para os Estados Unidos

18.01.2021 - Moscou, Rússia - Pía Figueroa

This post is also available in: Espanhol

Snowden comemorou a recusa da Justiça britânica em extraditar Assange para os Estados Unidos

“Que seja o fim”, Snowden tuitou de seu exílio na Rússia, após ouvir a sentença a favor do fundador do Wikileaks. O ex-analista de inteligência também é processado pelos Estados Unidos por espionagem.

O ex-analista de inteligência estadunidense Edward Snowden disse que esperava que a recusa da Grã-Bretanha em extraditar Julian Assange marque “o fim” das tentativas de trazer o fundador do WikiLeaks aos Estados Unidos para ser julgado por acusações de espionagem.

“Que seja o fim”, Snowden, um exilado na Rússia, tuitou, que depois um tribunal britânico se recusou a extraditar Assange para os EUA por espionagem por publicar centenas de milhares de documentos secretos.

Snowden também é processado pelos Estados Unidos por espionagem depois que vazou que a Agência de Segurança Nacional (NSA) coleta maciçamente informações de telefones e redes sociais de milhões de pessoas.

Desde 2013 vive exilado na Rússia e no ano passado anunciou que se candidataria à nacionalidade russa.

 


Traduzido por Tatiana Elizabeth / Revisado por Ivy Miravalles 

 

Categorias: Cultura e Mídia, Europa
Tags: ,

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

Search

Whatsapp

Pressenza Whatsapp

Informe Pressenza

Informe Pressenza

Caderno de cultura

Caderno de cultura

O Princípio do fim das armas nucleares

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Canale YouTube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.