Outubro Não Violento” é um polo de convergência de coletivos que há 10 anos tornam públicas iniciativas, projetos e ações pela não violência ativa, a não discriminação e a inclusão no Equador.

Em 2 de outubro se comemora o nascimento do líder pacifista hindu, Mohandas #Gandhi (1869-1948), que foi homenageado pelas Nações Unidas com a proclamação do “Dia da Não Violência”, principal motivo pela institucionalização do movimento Outubro Não Violento. Este, então, tornou-se um mês especial para os humanistas e para todas as pessoas que trabalham para construir uma cultura de não violência.

Vivemos este #OutubroNãoViolento inseridos em uma nova normalidade (fase pós # Covid-19). Uma crise sanitária que deixou à mostra as deficiências e violências simbólicas dos diferentes sistemas em nível mundial, mas que comprovou a capacidade da sociedade civil para se organizar e fortalecer as relações sociais que nos impulsam a continuar na luta pela construção de uma sociedade melhor.

No Equador, pelo nono ano consecutivo e sobre o tema “Deixe a sua marca pela Não Violência”, as organizações sociais, os coletivos e as instituições unem forças, dessa vez a partir de um ambiente virtual, para ampliar seu compromisso de divulgar e valorizar a cultura da não violência.

Nós, da Associação de fotógrafos Equatorianos, estendemos o convite para os interessados em participar da construção coletiva de uma linguagem visual não violenta. A ideia da concepção dessa mostra coletiva de fotografias é uma iniciativa da Associação de Fotógrafos Equatorianos (AFE) que se junta pela segunda vez consecutiva ao Outubro Não Violento.

Yinna Higueras, presidente da AFE anota que “se incentivarmos a responsabilidade e a consciência sobre as imagens que produzimos, contribuiremos de forma valiosa para a humanidade através de uma linguagem visual, crítica, propositiva e construtiva”.

Afiches expo virtual

Cartazes sobre a expo virtual

Convocatória:

Deixe o seu clique pela não violência. Participe com suas fotografias e una-se à Expo coletiva:

#MiradasNoviolentas EQUADOR 2020

Como participar?

— Ser o autor da fotografia
— Enviar de 1 a 3 fotografias
— Conceito: fotografias que transmitam o pacifismo, a cultura da não violência, o diálogo, a sororidade, inclusão, democracia, saúde, introspecção, tolerância, ética e valores humanos. Além disso, você contribuirá para denunciar injustiças.

Se você tem um projeto fotográfico que aborde esses temas, também pode participar. A inscrição é gratuita.

A convocatória se encerra no domingo,25 de outubro de 2020.

Para mais informações consulte: https://bit.ly/3jwMYYA

#octubrenoviolento
#dejatuhuellaporlanoviolencia
#mihuellaporlanoviolencia
#noviolencia
#lenguajevisual


Traduzido do espanhol por Ivy Miravalles / Revisado por José Luiz Corrêa da Silva