Fernández declara emergência trabalhista e dobra indenização de demitidos sem justa causa na Argentina

15.12.2019 - São Paulo - Opera Mundi

Fernández declara emergência trabalhista e dobra indenização de demitidos sem justa causa na Argentina
Fernández dobrou multa para demissão sem justa causa (Crédito da Imagem: Casa Rosada)

Decreto vem após país registrar taxa de desemprego de 10,6% no último trimestre; medida vale por 180 dias

O presidente argentino Alberto Fernández assinou neste sábado (14/12) um Decreto de Necessidade e Urgência que obriga a concessão de indenização dupla para trabalhadores demitidos sem justa causa. A medida vale por 180 dias.

Em caso de demissão durante a vigência do decreto, os trabalhadores afetados terão o direito a receber o dobro da indenização correspondente de acordo com a legislação vigente.

A medida só vale para trabalhadores demitidos sem justa causa e que tenham sido contratados antes da vigência do decreto.

O decreto, que também estabelece “emergência pública” em matéria de emprego, vem após a Argentina registrar uma taxa de desemprego de 10,6% no último trimestre, número um ponto percentual superior em comparação com o segundo trimestre deste ano.

No período de setembro de 2018 a setembro de 2019, de acordo com dados oficiais, cerca de 139.000 argentinos ficaram desempregados.

 

Categorias: Ámérica do Sul, Economia, Internacional, Política
Tags: , ,

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

Pesquisa

Informe Pressenza

Informe Pressenza

Caderno de cultura

Caderno de cultura

O Princípio do fim das armas nucleares

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Canale YouTube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.