Justiça da Itália nega pedido para diminuir pena de Battisti

22.05.2019 - São Paulo, Brasil - Opera Mundi

Justiça da Itália nega pedido para diminuir pena de Battisti
(Crédito da Imagem: Agência Brasil)

Tribunal de Milão manteve condenação à prisão perpétua, mas abriu possibilidade de saídas temporárias

A corte de apelações da cidade de Milão, na Itália, negou nesta quarta-feira (22/05) um pedido da defesa do ex-ativista Cesare Battisti para reduzir a pena de prisão perpétua para 30 anos de reclusão.

A defesa do italiano alegava que Battisiti havia sido expulso da Bolívia, país onde estava foragido, com base em um acordo de extradição firmados entre Brasil e Itália em 2017 que previa uma pena de 30 anos de prisão.

O advogado do ex-ativista, Davide Steccanella, ainda pediu que os períodos que Battisti ficou detido durante sua fuga e um indulto de três anos fossem descontados da pena total, reduzindo o tempo de reclusão para 20 anos e sete meses.

Entretanto, apesar de ter negado a comutação da pena do italiano, o tribunal de Milão deixou abertas medidas alternativas e afirmou que quando o ex-ativista completar 10 anos de prisão poderá pedir saídas temporárias.

“Battisti poderá gozar de benefícios penitenciários, em função do princípio constitucional do objetivo educativo da pena até para condenados à prisão perpétua”, diz a sentença. O italiano está preso em uma cadeia da Sardenha, em regime de isolamento diurno.

Condenação

Em março, o procurador-geral de Milão, Francesco Greco, afirmou que Battisti admitiu participação em quatro assassinatos na década de 1970, durante depoimento dado pelo italiano ao promotor Alberto Nobili.

Battisti, segundo o relato de Greco, disse que se envolveu nos atos políticos por acreditar que aquela era uma “guerra justa”. Na época, ele integrava o grupo de extrema-esquerda PAC (Proletários Armados pelo Comunismo).

O ativista havia sido condenado em 1993 à prisão perpétua na Itália em decorrência destas quatro mortes, em um julgamento no qual não estava presente e após ter sido inocentado em primeira instância.

Categorias: Direitos Humanos, Europa
Tags: , , ,

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

Search

Informe Pressenza

Informe Pressenza

Caderno de cultura

Caderno de cultura

O Princípio do fim das armas nucleares

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Canale YouTube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.