Lançamento Oficial da Segunda Marcha Mundial pela Paz e a Não-Violência em Madri

10.12.2018 - Redação São Paulo

This post is also available in: Inglês, Espanhol, Francês, Italiano, Alemão, Grego

Lançamento Oficial da Segunda Marcha Mundial pela Paz e a Não-Violência em Madri

O lançamento oficial da Segunda Marcha Mundial pela Paz e a Não-Violência ocorreu no dia 7 de novembro, durante o Segundo Fórum Mundial sobre Violência Urbana e Educação para a Convivência e a Paz, na capital espanhola, Madri.

A Segunda Marcha Mundial, promovida e coordenada pela associação humanista internacional  “Mundo sem Guerras e sem Violência”, começará 10 anos depois da primeira Marcha, no dia 2 de outubro de 2019, e terminará no dia 8 de março de 2020, depois de 158 dias de circum-navegação do mundo, começando e terminando na capital espanhola. O dia 2 de outubro é o dia internacional da Não-Violência, e o dia 8 de março é o dia internacional da mulher.

O ato de lançamento foi apresentado pelo coordenador da Marcha, Rafael de la Rubia, e contou com a presença de Beatriz Fihn (Diretora Executiva do ICAN), Pedro Arrojo (Congressista), Josep Mayoral i Antigas (prefeito de Granollers e vice-presidente dos prefeitos pela paz), Carmen Magallón Portoles (Presidenta da WILPF, Espanha) o ator Alberto Amman, e os membros da Equipe de Base e os organizadores da primeira marcha mundial que trabalham para promover esta segunda edição.

Desta vez o foco principal da Marcha Mundial é o problema das armas nucleares, e trabalhará ativamente para ajudar a ICAN a conseguir que entre em vigor o Tratado sobre a Proibição das Armas Nucleares para quando a Marcha se finde, no dia 20 de março de 2020.

Além disso, a marcha promoverá a erradicação da fome e a discriminação, a promoção da cidadania mundial, a luta contra as mudanças climáticas e a destruição do meio ambiente, a reforma das Nações Unidas, especial do Conselho de Segurança e a promoção de uma cultura de “paz, não-violência, diálogo e solidariedade”.

A Marcha tem como objetivo inspirar uma onda de ações sociais que se estenderá por todo o mundo, levando pessoas a iniciar ações pela paz e a não-violência, adaptadas a qualquer situação local.

Os organizadores apresentaram as formações de símbolos humanos da paz e da não-violência como um método provado e comprovado para mobilizar as pessoas, especialmente as crianças pequenas, em ações de larga escala. Estima-se que nos últimos dois anos participaram destas ações quase 40 mil estudantes. Marchas, concertos, conferências, e fóruns são outras das atividades que se espera que tenham lugar durante a segunda marcha mundial.

Categorias: Diversidade, Europa, Humanismo e Espiritualidade, Não violência, Paz e Desarmamento, Política
Tags:

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

O Princípio do fim das armas nucleares

2a Marcha Mundial da Paz e da Não-violência

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.