Roger Waters em Curitiba: “Ele Não”

28.10.2018 - São Paulo, Brasil. Brasil de Fato - Redação São Paulo

This post is also available in: Espanhol, Francês, Catalão

Roger Waters em Curitiba: “Ele Não”
(Crédito da Imagem: Sean Rowe)

Sob ameaça de prisão, Roger Waters volta a se manifestar contra Bolsonaro em Curitiba

Trinta segundos antes do prazo da lei eleitoral, músico britânico exibiu mensagem no telão do estádio Couto Pereira

O músico britânico Roger Waters, ex-líder da banda Pink Floyd, voltou a se manifestar contra Jair Bolsonaro (PSL) em um concerto realizado em Curitiba (PR), na noite deste sábado (27).

Diante de 41 mil espectadores, o telão montado no palco exibiu a seguinte mensagem:

“Nos disseram que não podemos falar sobre a eleição depois das 10 da noite. Temos 30 segundos. Esta é nossa última chance de resistir ao fascismo antes de domingo. Ele Não! São 10:00. Obedeçam a lei”.

A lei eleitoral proíbe manifestações políticas em espaços públicos após as dez horas da noite.

Na semana passada, o juiz Douglas Marcel Peres, da Justiça Eleitoral do Paraná, comunicou à equipe de Waters que o músico poderia ser preso se fizesse qualquer menção a política eleitoral após a meia-noite – a manifestação seria considerada propaganda boca de urna.

Apelidada de “República de Curitiba” pelos apoiadores da operação Lava Jato, a capital do Paraná tornou-se um símbolo das arbitrariedades do Poder Judiciário desde 2014.

Categorias: Ámérica do Sul, Opinião, Política
Tags: , , , , ,

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.