Movimento indígena no Vale do Javari promove ato em defesa da democracia

27.10.2018 - São Paulo, Brasil - Redação São Paulo

Movimento indígena no Vale do Javari promove ato em defesa da democracia
(Crédito da Imagem: Rafael Nakamura/Acervo CTI)

Na quinta-feira (25) à tarde o movimento indígena do Vale do Javari saiu em passeata pelas ruas de Atalaia do Norte (AM) no ato em defesa da democracia. Organizado pela União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (UNIVAJA) e por lideranças políticas locais, a manifestação marcou posição contra o candidato Jair Bolsonaro (PSL) e a favor de seu opositor, Fernando Haddad (PT). A passeata reuniu lideranças dos povos Marubo, Matis, Mayoruna, Kanamari e Kulina.

“Nosso único objetivo é defender a democracia, por isso vamos votar 13”, disse Paulo Marubo, presidente da UNIVAJA.

“Existem ameaças aos direitos indígenas. Nosso dever é defender a democracia”, completou Cesar Nakua, indígena do povo Mayoruna e vereador em Atalaia do Norte.

A passeata teve início por volta das 16h e percorreu as principais ruas da cidade. A faixa principal, estendida à frente do ato dizia: “Povos Indígenas do Vale do Javari em defesa da democracia” e terminava com a hashtag #ELENÃO, campanha contra o candidato Jair Bolsonaro que ficou famosa nas redes sociais em todo o Brasil.

“Estamos aqui pelos interesses de toda a população, indígena e não indígena. Bolsonaro coloca em risco nosso futuro”, falou Manoel Chorimpa, do povo Marubo e também vereador em Atalaia do Norte.

“Mais educação, menos armas”, “Os povos indígenas não aceitam ditadura”, “Povos Indígenas do Vale do Javari contra políticas racistas”, eram alguns dos cartazes carregados pelos manifestantes.

No final do trajeto os manifestantes se reuniram na principal praça de Atalaia do Norte. Mesmo debaixo de chuva continuaram concentrados para ouvir as lideranças discursarem.

“Essa passeata é uma demonstração aos ditadores que querem voltar ao poder. Muitos morreram na época da ditadura. Esse candidato tem o pensamento do retrocesso, quer trazer isso de volta”, discursou Darci Marubo.

No estado do Amazonas a votação no 1º turno foi apertada. Jair Bolsonaro teve 43% dos votos válidos (805.902 votos) enquanto Fernando Haddad teve 40% (746.998 votos). Em Atalaia do Norte o candidato do PT vence com folga, quase 73% do eleitorado (3.794 votos) votou em Fernando Haddad. Jair Bolsonaro foi o segundo colocado com 13% dos votos (725 votos).

Categorias: Ámérica do Sul, Assuntos indígenas, Política
Tags: , , , , ,

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.