Para além da Física – o lado ativista de Stephen Hawking

19.03.2018 - Redação São Paulo

This post is also available in: Espanhol, Francês

Para além da Física – o lado ativista de Stephen Hawking

Stephen Hawking foi mais do que um dos mais importantes cientistas da atualidade. Foi um defensor de um mundo sem as armas inteligentes e alertou para os riscos do aquecimento global.

O Universo por Stephen Hawking

Sthephen Hawking em vida revolucionou a maneira como a física enxergava o Universo. Deu continuidade a teoria do físico alemão Albert Einstein e concluiu que a teoria da relatividade, formulada por Einstein indicava para um Universo com uma origem no Big Bang e em um final nos buracos negros.

Leia também – “Uso de inteligência artificial em armas traz um sério risco para a humanidade”

Uma breve história do tempo

O cientista tentou popularizar suas teorias e a Física em si. Para isso escreveu livros de uma forma didática, com uma linguagem menos densa, para o público leigo. Dentre as suas obras está “Uma Breve História do tempo”, que fora traduzido para dezenas de línguas e com mais de 10 milhões de cópias. Hawking escreveu também ” Universo em uma Casa de Noz”, nome que tirou dos textos de William Shakespeare

Leia também “Os Cristais de Memória do Super Homem se tornaram uma realidade?”

Stephen Hawking Doença

Stephen Hawking foi diagnosticado aos 21 anos com a ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica). Na época os médicos disseram que ele não viveria mais do que dois anos. Hawking viveu 55 anos a mais. Morrendo no dia de hoje, 14 de março de 2018, aos 76 anos de idade. A doença atinge os neurônios que fazem os movimentos musculares voluntários, aqueles que controlamos, a morte dos mesmos afeta os movimentos do corpo, levando a morte. A doença é tida como degenerativa, levando paulatinamente a paralisia.

Stephen Hawking - Filme "A Teoria de Tudo"

Imagem – Divulgação

Stephen Hawking defensor do mundo sem armas inteligentes

Em vida o cientista britânico alertou para o uso da inteligência artificial em armas. As armas inteligentes poderiam aprender em uma velocidade maior do que a dos humanos, levando a uma possível extinção de nossa espécie. Hawking também alertou para os riscos do aquecimento global. Segundo o mesmo, as mudanças climáticas, se não interrompidas, destruiriam nosso planeta. Os seres humanos seriam obrigados a colonizar outro planeta para garantir sua existência. O físico foi crítico também do capitalismo, alertando sobre os problemas da má distribuição das riquezas. O acúmulo nas mãos de poucos.

Categorias: Ciência e Tecnologia
Tags:

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


Fórum Humanista Europeu 2018

Apresentação de vídeo: O que é a Pressenza

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.