O confronto de Varoufakis e De Masi com o BCE quanto a transparência

06.03.2017 - Bruxelas - DiEM25

This post is also available in: Inglês, Espanhol, Francês, Italiano

O confronto de Varoufakis e De Masi com o BCE quanto a transparência

O Ex-Ministro das Finanças Grego juntamente com o MPE Alemão irão dar uma conferência de imprensa Quarta-Feira, dia 8, para anunciar a interposição do pedido vital de liberdade de acesso à informação ao BCE.

O Banco Central Europeu (BCE) agiu dentro do seu mandato quando encerrou os bancos Gregos em Junho de 2015? As ações do BCE que levaram à imposição de controlos de capital na Grécia foram legais? Estas são questões centrais a que o co-fundador do DiEM25 e ex-ministro Grego das Finanças Yanis Varoufakis, e o membro do Parlamento Europeu da Die Linke Fabio De Masi, querem responder.

A instituição liderada por Mario Dragui não estava certa relativamente à legalidade das suas ações ao nível das negociações entre o governo Grego e os seus credores no verão de 2015 – o de fechar bancos de um estado membro. Assim sendo, foi pedido a uma empresa de direito privado que examinasse se as ações foram ou não legais. Quando De Masi abordou o presidente do BCE para obter a cópia do parecer na empresa de direito privada, Draghi rejeitou o pedido do MPE com base no “relacionamento advogado-cliente”.

Varoufakis e De Masi juntaram-se para levar este assunto ao próximo nível tendo efetuado um pedido de liberdade de acesso à informação (FOI) junto do BCE para que o parecer legal seja tornado público. Ambos vão realizar uma conferência de imprensa transmitida ao vivo Quarta-feira, 8 de Março às 10am CET no Parlamento Europeu em Bruxelas para explicar esta iniciativa.

O direito dos cidadãos europeus de saber

Um dos maiores peritos em Direito Europeu, o Professor Andreas Fischer-Lescano, examinou se o BCE estaria correto ao recusar a divulgação do parecer da empresa privada. Em seu entender o BCE não tem razão quanto a privar o MPE e os cidadãos da Europa do parecer legal que o BCE pediu quanto à sua própria conduta (e pagou para o mesmo com dinheiro dos contribuintes europeus)

O vasto apoio

Varoufakis e De Masi receberam apoio pela sua iniciativa pela transparência de um vasto espectro de figuras políticas, ativistas e intelectuais como o candidato a Presidente Francês Benoît Hamon e economistas norte-americanos de renome como James Galbraith e Jeffrey Sachs. Além disso, mais de vinte mil pessoas já assinaram a petição online lançada pelo DiEM25 quanto ao pedido de acesso à informação (FOI).

#TheGreekFiles Campanha

O DiEM25 lançou a campanha de apoio à iniciativa de Varoufakis e De Masi para tornar este parecer legal essencial público.

Numa declaração, o movimento Pan-Europeu pela democracia explicou que, visto que as ações do BCE em 2015 levaram à capitulação do governo Grego a favor de novas medidas de austeridade e perdas significativas de soberania nacional, o poder do BCE para fechar os bancos de um estado membro no contexto atual da Eurozona levanta questões importantes quanto à natureza política das nossas instituições comuns.

“Temos todos de desvendar a legalidade e propriedade da tomada de decisão do BCE – começando com este caso – para dar uma oportunidade à democracia Europeia bem como para tornar o BCE menos vulnerável a políticas de poder”, a declaração prestada-.

 

Varoufakis – De Masi Conferência de Imprensa

 

#TheGreekFiles – Recursos

Categorias: Economia, Europa, Nota de imprensa
Tags: , , , , , , ,

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


Apresentação de vídeo: O que é a Pressenza

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.