Presidente colombiano entrega acordo final de paz com FARC ao Conselho de Segurança da ONU

22.09.2016 - Colombia - Redação São Paulo

Presidente colombiano entrega acordo final de paz com FARC ao Conselho de Segurança da ONU
(Crédito da Imagem: ONU/Amanda Voisard)

Por Opera Mundi

Juan Manuel Santos destacou enfoque de gênero do pacto, que disse ser resultado de ‘grande esforço’ para encerrar conflito armado na Colômbia.

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, entregou nesta quarta-feira (21/09) ao Conselho de Segurança da ONU o recente acordo de paz firmado entre o governo do país e as FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia).

“Este é o resultado de quase seis anos de um grande esforço para acabar com o último conflito armado do hemisfério ocidental que gerou todo tipo de sofrimento e dor para meu país”, disse Santos durante a entrega do documento à Presidência do Conselho de Segurança.

Em seguida, em seu pronunciamento na 71ª Assembleia Geral das Nações, Santos afirmou sua satisfação em, após meio século de conflito, “poder anunciar com toda a força da minha voz e do meu coração que a guerra na Colômbia terminou”.

Aplaudido diversas vezes durante seu discurso, Santos declarou que o acordo teve como principal característica estar centrado na proteção e na garantia dos direitos às vítimas.

“É a primeira vez que um processo de paz coloca no centro as vítimas do conflito e inclui um enfoque de gênero para a igualdade entre homens e mulheres”, disse.

O documento foi entregue à presidência do Conselho de Segurança das Nações Unidas na presença do secretário-geral da entidade, Ban Ki-moon, que confirmou que estará na próxima segunda-feira (26/09) na cerimônia de assinatura do acordo final de paz entre as partes em Cartagena das Índias, no norte da Colômbia.

“Em um momento em que há tantos conflitos, a paz da Colômbia dá uma mensagem muito poderosa”, disse Ban Ki-moon, que felicitou Santos por “sua visão, valor e liderança” na condução do pacto.

Ban Ki-mooon também agradeceu a Cuba e a Noruega, mediadores dos diálogos, e ao Chile e Venezuela, que também acompanharam o processo.

Na última segunda-feira (19/09), o integrante da cúpula das FARC Pablo Catatumbo afirmou que os delegados da guerrilha reunidos na 10ª Conferência Nacional Guerrilheira, que ocorre em Llanos del Yarí, no departamento de Meta (sul da Colômbia), têm manifestado “apoio unânime” ao acordo de paz com o governo colombiano.

Durante o encontro, que terminará na sexta-feira (23/09), a expectativa é de que as FARC ratifiquem o acordo, a deposição das armas e sua transformação em um partido ou movimento político.

O acordo entre o governo e a guerrilha, firmado em 24 de agosto, será submetido a um plebiscito em 2 de outubro para ser validado pela população colombiana.

Categorias: Ámérica do Sul, Não violência, Política
Tags: , , , , ,

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


2a Marcha Mundial da Paz e da Não-violência

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.