Inscrições abertas para o VII Fórum Social Mundial das Migrações

15.05.2016 - Redação São Paulo

Inscrições abertas para o VII Fórum Social Mundial das Migrações
(Crédito da Imagem: divulgação)

Com o tema: “Migrantes construindo alternativas frente à desordem e a crise global do capital”, o VII Fórum Social Mundial das Migrações será realizado em São Paulo do dia 7 a 10 de julho de 2016.

O evento é um espaço aberto, plural, e diversificado, a fim de propor ações concretas para melhorar as condições migratórias da atualidade. Não é vinculado a partidos e nem a governos. São organizados debates e trocas de experiências mediante o diálogo intercultural.

A capital paulista foi escolhida como sede por ser a primeira cidade da América Latina a criar políticas públicas específicas para migrantes e ser um dos principais eixos de concentração em relação ao continente americano.

O fórum está alicerçado em 6 eixos temáticos e contará com nomes como María Catalina López da Caravana de Madres Migrantes Centroamericanas en búsqueda de sus hijos, Tomás Hirsch, ativista, ex-candidato presidencial e fundador do Partido Humanista do Chile; Leila Khaled, Integrante do Conselho Nacional Palestino; Pablo Ceriani, professor de direitos humanos da Universidade Nacional de Lanus e membro do Comitê da ONU para Migrantes, Argentina; Bela Feldman Bianco, antropóloga e diretora do Centro de Migrações Internacionais (UNICAMP), Brasil; Annalisa Pensiero Antropóloga e integrante do Movimento Humanista da Argentina; Jobana Moya, imigrante boliviana e integrante do Movimento Humanista desde o ano 2000; Susanne Melde, coordenadora do Projeto MECLEP “Migración, Medio Ambiente y Cambio Climático: Datos empíricos para la formulación de políticas” e Paulina Acevedo, Jornalista e licenciada em Comunicação Social do Centro de Direitos Humanos da Faculdade de Direito da Universidade do Chile, dentre outros.

“O Fórum significa um reconhecimento à luta de muitos anos das forças sociais na cidade, sobretudo dos imigrantes que vão assumindo cada vez mais protagonismo. Acredito que os migrantes serão os principais atores deste processo”, diz o ex-coordenador de políticas para imigrantes da Prefeitura de São Paulo e integrante do comitê organizador do Fórum, Paulo Illes.

Os participantes também podem propor atividades para serem apresentadas nos dias do evento, tais como: palestras, seminários, mini-cursos, rodas de conversas, oficinas e outras formas de expressão sempre relacionadas a alguns dos eixos temáticos.

As inscrições para o evento vão até 30 de maio e podem ser feitas no link www.fsmm2016.org

Fórum Social Mundial das Migrações, em Joanesburgo. Crédito: Rodrigo Borges Delfim - Migramundo

Fórum Social Mundial das Migrações, em Joanesburgo.
Crédito: Rodrigo Borges Delfim – Migramundo

A origem do fórum tem os antecedentes alicerçados em 2005, em Porto Alegre, com a primeira edição do evento. O encontro foi organizado por iniciativas de movimentos sociais, ONG’s, sociedade civil, ativistas, acadêmicos, pastorais e outros grupos. Após os debates, emergiu a questão migratória. Nasce então o FSMM, que em 2016 será realizado na capital paulista. O fórum tem contabilizado cinco edições: Rivas-Vaciamadrid, Espanha (2006 e 2008); Quito, Equador (2010); Manila, Filipinas (2012) e Johannesburgo, África do Sul (2014). Neste ano a comissão organizadora espera em média 5.000 mil pessoas, sendo 51% do público composto por imigrantes.

SERVIÇO:
VII Fórum Social Mundial das Migrações
Universidade Zumbi dos Palmares e Centro Esportivo e de Lazer Tietê
AV. Santos Dumont nº843 – Armênia, São Paulo.
Dias: 7 a 10 de julho.

Texto: Secretaria técnica FSMM 2016

 

Categorias: Ámérica do Sul, Assuntos internacionais, Direitos Humanos, Diversidade, Não violência, Nota de imprensa
Tags: , , , , , ,

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

Pesquisa

Informe Pressenza

Informe Pressenza

Caderno de cultura

Caderno de cultura

O Princípio do fim das armas nucleares

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Canale YouTube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.