Parlamento da Grécia aprova por unanimidade reconhecimento do Estado palestino

30.12.2015 - Wilma Nagaoka

Parlamento da Grécia aprova por unanimidade reconhecimento do Estado palestino

O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, saudou a decisão e assegurou que ambas as nações iniciam uma nota etapa de relações bilaterais.

Da Redação* | 23/12/2015

O Parlamento grego aprovou, por unanimidade, uma resolução que pede ao governo do país que reconheça formalmente o Estado palestino. A decisão foi tomada em sessão parlamentar em Atenas, nesta terça-feira (22), que contou com a presença do presidente da Palestina, Mahmoud Abbas, que realiza visita oficial à Grécia.

O presidente do Legislativo, Nikos Voutsis, disse que todos os partidos com representação no Parlamento respaldam a decisão de que a Grécia “promova os passos adequados para reconhecer um Estado palestino e qualquer esforço diplomático para retomar as negociações de paz” na região.

Ainda segundo Voutsis, o documento aprovado menciona uma série de manifestos internacionais a favor do diálogo entre Palestina e Israel, além do reconhecimento desse Estado por outros países e organismos, como o Parlamento Europeu.

O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, saudou a decisão e assegurou que ambas as nações iniciam uma nova etapa de relações bilaterais. “A Grécia se compromete à instauração de um Estado palestino viável, independente e soberano com base nas fronteiras fixadas em 1967 e com Jerusalém Oriental como capital, um país que coexistirá de forma pacífica com Israel”, declarou.

Por sua parte, o chefe de Estado palestino agradeceu “o povo e o governo gregos por seu apoio” e “sua solidariedade para que os palestinos tenham seu próprio Estado”. Abbas disse ainda que a partir de 2016 os passaportes de palestinos serão emitidos em nome da Palestina e não mais com o termo “Autoridade Palestina”.

“Nós já mudamos todos os documentos emitidos pelos ministérios e serviços públicos e eles agora ostentam o nome Estado da Palestina”, disse Abbas. Tsipras também anunciou que a palavra “Palestina” substituirá os termos “Autoridade Palestina” nos documentos oficiais gregos.

A resolução aprovada pelo Parlamento grego ainda é simbólica e vem logo após a comissão de Defesa e Relações Exteriores do país adotar, também por unanimidade, uma resolução para reconhecer o Estado palestino. Contudo, as medidas abrem caminho para o reconhecimento oficial que, segundo Tsipras, irá ocorrer através de “uma solução viável” após negociações.

*Com agências de notícias.
Fonte Brasil de Fato

Categorias: Europa, Internacional, Política
Tags: , ,

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

O Princípio do fim das armas nucleares

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

2a Marcha Mundial da Paz e da Não-violência

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.