Por um jornalismo vivo!

06.08.2015 - Argentina - Alicia Blanco

This post is also available in: Espanhol

Por um jornalismo vivo!

Coletivos de comunicação da América Latina se unem contra a onda de assassinatos a jornalistas que assumiam posicionamentos críticos ao governo mexicano.

Em 31 de julho foram torturados e assassinados na Cidade do México, o fotojornalista da agência AVC Notícias e o correspondente de Cuartoscuto e da revista Proceso, Ruben Espinosa Becerril, junto com Nadia Vera, Yesenia Quiroz, Simone e Alejandra.

Ruben Espinosa, cujo foco principal era a cobertura dos protestos sociais, e que usava a fotografia como uma ferramenta de luta e denúncia, deixou o estado de Veracruz em junho -após receber várias ameaças pelo trabalho jornalístico que exercia- para exilar-se na Cidade do México, onde procurou a várias organizações em busca de proteção e denuncia a perseguição contínua de ele.

Veracruz é um dos três estados mais perigosos do México para exercer a liberdade de expressão.

Com o assassinato de Ruben, 88 jornalistas foram mortos no México desde 2000, desta forma, a cada dia há mais violência ao jornalismo e a liberdade de expressão, e a impunidade total em todos os casos.

Durante a presidência de Felipe Calderón (2006-2012) um jornalista agredido a cada 48 horas, enquanto o atual presidente Enrique Peña Nieto um jornalista é atacado a cada 26 horas de acordo com o relatório “State of Censorship”, preparado pelo Artíiculo 19.

A partir da Rede Latino-Americana de Fotografia Coletiva nos unimos a pauta e a procura da justiça na investigação do assassinato do companheiro fotojornalista Ruben Espinosa e das companheiras Nadia, Yesenia, Nicole e Alejandra; e pelo fim da violência contra jornalistas no México e na América Latina.

Nos pronunciamos a favor da total liberdade de expressão e acesso à informação.Uma vez que este é um caso de impunidade e violência que existe constantemente contra jornalistas do estado mexicano.

Justiça para Ruben Espinosa!

Parem de perseguir e assassinar fotojornalistas!

México #CuantxsMais?

ruben espinoa2

Foto Ruben Espinosa

Rede de Coletivos de Fotografía de América Latina

Caja de Cartón (CHI)

Colectivo Chakana (ARG)

Colectivo En la Vuelta (ARG)

Colectivo Las Niñas (CHI)

Colectivo MaldeojoFoto (PER)

Colectivo Manifiesto (ARG)

Colectivo Nómada (CR)

Colectivo Ruwashaycu (PER)

Colectivx Veinticuatro/tres (ARG)

Coletivo Altavista (BR)

Compromiso Fotografico (ARG)

Crónicas Visuales (ARG)

Dokumental (URU)

Encontraste Colectivo (MEX)

En.fo.ca. (ARG)

Festivales Solidarios (GUA)

La Ceguera Foto (PER)

MAƒIA (ARG)

Mídia NINJA (BR)

MIRA (BR)

NIRU visual (ECU)

NITRO (BR)

Paradocs (ECU)

Prensa Comunitaria (GUA)

RebelArte (URU)

Red de Acciones Fotográficas (ARG)

Red Tz’ikin (GUA)

REMIRAR (BR)

R.U.A. FotoColetivo (BR)

RUIDO Photo (España)

SADO (ARG)

Selva SP (BR)

Somoselmedio (MEX)

Sub.Coop (ARG)

Supay Fotos (PER)

Versus Photo (PER)

Visual Action (ARG)

Coletivo ZÓIO (BR)

 

Categorias: América Central, América do Norte, Ámérica do Sul, Cultura e Mídia, Direitos Humanos, Nota de imprensa, Política
Tags: , , , ,

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


2a Marcha Mundial da Paz e da Não-violência

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.