Fórum Temático Social dá largada nesta terça-feira com debate sobre educação

22.01.2014 - Redação São Paulo

Fórum Temático Social dá largada nesta terça-feira com debate sobre educação
(Crédito da Imagem: http://www.fmecanoas2014.com.br/)

Berço de debates políticos embalados pelas ideias de esquerda que ganharam notoriedade a partir de 2001, Porto Alegre receberá mais uma edição do Fórum Social Temático (FST), pautado em 2014 pelos temas “crise capitalista, democracia, justiça social e ambiental”.

Neste ano, que também terá o município de Canoas como sede, serão mais de 270 atividades promovidas por sindicatos e movimentos sociais entre esta terça-feira e domingo, desde debates até manifestações culturais. A estimativa aponta para a participação de 20 mil pessoas.

Em Canoas, a programação começa nesta terça-feira, às 10h, na Ulbra, com a realização do Fórum Mundial de Educação, que integra a rede de eventos do FST. A organização informa que estão inscritas 4 mil pessoas de diversas partes do mundo. O encontro se propõe a discutir novas possibilidades de qualificação da educação, partindo de premissas como a oposição ao neoliberalismo e ao capital.

Os debates em Porto Alegre começam nesta quarta-feira, tendo como principais sedes Câmara de Vereadores, Assembleia Legislativa, Casa de Cultura Mário Quintana, Usina do Gasômetro, UFRGS e Largo Zumbi dos Palmares.

No Parque Maurício Sirotsky Sobrinho, ocorrerá o tradicional Acampamento da Juventude. Nas mesas de debates, além de pensadores e líderes de movimentos sociais e sindicais, estão gestores públicos, como os ministros Maria do Rosário (Direitos Humanos), Marta Suplicy (Cultura), Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência), Francisco José Teixeira (Integração Nacional) e Tereza Campello (Desenvolvimento Social).

Organizado por comitês locais nos anos em que não é realizada a edição centralizada do Fórum Social Mundial, o FST deverá ter pelo menos mais 20 edições ao longo de 2014, em diversos países.

— Enquanto o pensamento neoliberal seguir em Davos sugerindo medidas de arrocho e que geram desemprego, vamos continuar existindo — afirmou o presidente da CUT-RS e membro do comitê organizador do FST, Claudir Nespolo, lembrando o fato de as atividades transcorrerem paralelamente ao Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.

Nespolo afirma que já foi apresentada ao comitê organizador internacional a proposta de trazer novamente a edição centralizada do Fórum Social Mundial a Porto Alegre em 2015. O evento aconteceu na Capital em 2001, 2002, 2003 e 2005. Apoiadora do FST, a prefeitura de Porto Alegre informa que disponibilizou cerca de R$ 1 milhão para as atividades.

 

Programação

Veja algumas das atividades previstas para esta semana

 

TERÇA-FEIRA

Fórum Mundial de Educação – Pedagogia, territórios e  resistências

— Local: Ginásio Poliesportivo da Ulbra, em Canoas

— Horário: 10h

— Debatedores: Jaume Martinez Bonafé (Espanha), Guadalupe Jover (Espanha), Moacir Gadotti (Brasil)

 

QUARTA-FEIRA

Crise capitalista e agenda pós 2015

— Local: Mezanino do Salão de Atos da UFRGS, na Capital

— Horário: 14h

 

QUINTA-FEIRA

Crise capitalista, não vamos pagar essa conta

— Local: Usina do Gasômetro

— Horário: 9h às 12h

 

SEXTA-FEIRA

Contra o capital, democracia real

— Local: Assembleia Legislativa

— Horário: 9h às 12h

 

SÁBADO

Cidades justas e sustentáveis

— Local: Salão de Atos da UFRGS

— Horário: 9h às 12h

 

Publicado na página oficial do Fórum Social Temático em http://www.forumsocialportoalegre.org.br/index.php?link=34&acao=Ver&id=342

Aqui a página Oficial do Fórum Mundial de Educação http://www.fmecanoas2014.com.br/

 

Categorias: Ámérica do Sul, Direitos Humanos, Educação, Internacional
Tags: ,

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.