Síria denúncia permissão israelense para explorar petróleo no Golã

03.03.2013 - Prensa Latina

Síria denúncia permissão israelense para explorar petróleo no Golã
(Crédito da Imagem: Wikipedia Commons)

Damasco, 28 fev (Prensa Latina) O Ministério de Assuntos Exteriores e Expatriados da Síria denunciou hoje à ONU a concessão do governo de Israel a uma companhia estadunidense para a exploração de petróleo no Golã sírio ocupado. Em cartas idênticas ao Presidente do Conselho de Segurança e ao Secretário Geral das Nações Unidas, Damasco condenou a ação e qualificou-a como ilegítima e violatória dos acordos existentes sobre esse território arrebatado desta nação levantina.

As notas recordam que as ações de Tel Aviv constituem uma violação flagrante da Resolução 497 de 1981, do Conselho de Segurança, que proíbe a entidade sionista de explodir ou modificar o meio geográfico ou a natureza do território ocupado.

Na semana passada, meios de imprensa sírios revelaram que Israel deu permissão à empresa estadunidense Genie Energy Company para explorar hidrocarbonetos no Golã ocupado.

O Partido da Juventude Nacional Síria foi uma das primeiras organizações que condenou o fato, ao mesmo tempo em que a qualificou como “nova e flagrante violação das leis e normas internacionais, que se somam à trajetória ilegal de Israel em nosso território nacional sob sua ocupação”.

Israel ocupou a meseta do Golã pertencente ao território sírio em 1967.

Em dezembro de 1981, a denominada Lei de Anexação do Golã, criada pelo próprio Kenesst (Parlamento) israelense, atribuiu a Tel Aviv a apropriação do sul território sírio.

O povo sírio mantém a reivindicação sobre seu território e a comunidade internacional não reconhece tal despojo.

Os golaneses recusam subordinarem-se à legislação israelense e negaram-se inclusive a receber a cédula de entidade desse país.

Categorias: Assuntos internacionais, Economia, Oriente Médio

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.