Programa econômico da Grécia está pronto

04.09.2012 - Atenas - Radio Netherlands

This post is also available in: Espanhol

[/media-credit] Atenas

O programa grego para a recuperação econômica está pronto, afirmou o ministro das Finanças Ministro Ioannis Stournaras. Na terça-feira, 28, ele anunciou, na TV, que o programa será apresentado aos três partidos da coalizão para aprovação.Segundo as agências de notícias, o programa de poupança deve render até 11,7 bilhões de euros. Trata-se de reduzir a burocracia estatal e cortar gastos do governo. Cortes de salários dos funcionários públicos alcançarão 1 bilhão de euros, e uma quantidade similar é esperada a partir da redução de salários em serviços controladas pelo Estado, como a energia elétrica. Ao todo, a Grécia tem de economizar 12 bilhões de euros nos próximos dois anos.Investimentos
O governo de Atenas também vai estimular o investimento no país criando zonas econômicas especiais, que oferecem vantagens administrativas e fiscais para investidores privados. O Ministro das Finanças, Costis Hatzidakis, declarou: “Nós acreditamos que essas zonas serão aumentar a economia real através da criação de um regime de atrair investimentos favoráveis e gerar exportações”.

Colapso
Antes de se tornar realidade, o programa de poupança tem de ser aprovado por um grupo de inspetores do Fundo Monetário Internacional, o Banco Central Europeu e a Comissão Europeia, representando os estados que financiaram o pacote de resgate recebido pela Grécia. A inspeção terá início em 5 de setembro, em Atenas.

Os líderes querem evitar uma saída da Grécia da união monetária da UE, pois temem que isto provocaria o colapso do euro.

Políticos da Alemanha, que financiou uma grande parte do anterior do pacote de resgate para a Grécia, disseram à agência Reuters na segunda-feira que a saída da Grécia do grupo do euro também implica riscos geopolíticos. “Olhe no mapa e veja onde está localizada a Grécia”, disse Michael Meister, partidário da chanceler Angela Merkel. Seu companheiro membro do partido, Laschet, disse que “poderia levar à instabilidade em um estado membro da Otan”. Há mais em jogo do que a questão de saber se a Grécia cumpre seus critérios de resgate, acrescentou.

Recessão
Até o final de 2014, o déficit no PIB grego deve ser inferior a 3%, em comparação com o do ano passado de 9,3, para cumprir com o pacto de estabilidade da UE. Nos últimos cinco anos, a economia grega vem enfrentando uma recessão. Encolheu por uma estimativa de 20%, em parte como resultado de medidas de austeridade anteriores destinadas à redução da dívida e do déficit. – (IEDE)

Categorias: Economia, Europa

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

O Princípio do fim das armas nucleares

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

2a Marcha Mundial da Paz e da Não-violência

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.