Multimillonarias perdas por inundações na Austrália

21.01.2011 - Sidney - Prensa Latina

As últimas cifras conhecidas localizam a cifra de mortos em 33, com uma dezena de desaparecidos e mais de um milhão de pessoas que têm perdido seus lares, além de milhares de evacuados.

Nos dois estados mencionados, a maiores afectações localizam-se nos cultivos de verduras e vegetales, cana de açúcar e minas de carvão.

Forças do exército e milhares de voluntários continuam os trabalhos de busca e resgate, limpeza de escombros e fornecimentos de víveres em condições difíceis ante a persistente ameaça de desborde dos principais rios.

Em Brisbane, uma cidade de dois milhões de habitantes e capital de Queensland, a subida das águas persiste e mantém isoladas várias partes da localidade.

Cálculos oficiais estimam que mais do 25 por cento do extenso território do este australiano está inundado e a recuperação parcial pode durar meses, com afectações ao menos do dois por cento no orçamento do presente ano.

Experientes meteorológicos fazem qüestão de que a violência continuada das chuvas ininterrumpidas desde dezembro último, foram provocadas pelo fenômeno A Menina, com um inusitado enfriamiento das águas oceánicas sem precedentes.

Categorias: Ecologia e Meio Ambiente, Oceânia

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.