Multimillonarias perdas por inundações na Austrália

21.01.2011 - Sidney - Prensa Latina

As últimas cifras conhecidas localizam a cifra de mortos em 33, com uma dezena de desaparecidos e mais de um milhão de pessoas que têm perdido seus lares, além de milhares de evacuados.

Nos dois estados mencionados, a maiores afectações localizam-se nos cultivos de verduras e vegetales, cana de açúcar e minas de carvão.

Forças do exército e milhares de voluntários continuam os trabalhos de busca e resgate, limpeza de escombros e fornecimentos de víveres em condições difíceis ante a persistente ameaça de desborde dos principais rios.

Em Brisbane, uma cidade de dois milhões de habitantes e capital de Queensland, a subida das águas persiste e mantém isoladas várias partes da localidade.

Cálculos oficiais estimam que mais do 25 por cento do extenso território do este australiano está inundado e a recuperação parcial pode durar meses, com afectações ao menos do dois por cento no orçamento do presente ano.

Experientes meteorológicos fazem qüestão de que a violência continuada das chuvas ininterrumpidas desde dezembro último, foram provocadas pelo fenômeno A Menina, com um inusitado enfriamiento das águas oceánicas sem precedentes.

Categorias: Ecologia e Meio Ambiente, Oceânia

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


2a Marcha Mundial da Paz e da Não-violência

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.