Sabine Mendes Moura

Sabine Mendes Moura é escritora, roteirista e criadora da Editora Nua. Publicou quatro romances solo, em gêneros diversos, incluindo “Pervertidos” (Mocho Edições, 2020), seu último lançamento, e “Incompletos” (Presságio Editora, 2016, premiado pelo PROAC). Foi selecionada para integrar o projeto “Novas Contistas da Literatura Brasileira” (Editora Zouk, 2018), a Coleção Contos de Bolso (Lendari BR, 2021) e a Coleção Casa Fantástica (Presságio Editora, 2020), esta última com a novela “Sol Medieval”, que passou a integrar o catálogo exclusivo da Amazon Prime. Colabora com a Pressenza IPA, em coluna semanal sobre literatura. Mora em Paquetá, com sua esposa e sua filha.

Utopia Para Quem? Lançamento da Luva Editora propõe reflexão sobre cidadania e política

LITERATURA Por Sabine Mendes Moura   Mil é a primeira obra de ficção do pesquisador paulista Jean Pierre Chauvin   Em meio à maior crise política já enfrentada em terras brasileiras, a Luva Editora apresenta seu novo lançamento, Mil, novela…

Projeto “Da Cor do Brasil” discute discriminação racial e cultura de paz no Piauí

A iniciativa é uma das 26 aprovadas pelo Edital 2009 do Fundo Brasil de Direitos Humanos (FBDH) e já está com site experimental utilizando software livre para a difusão de uma Rádio Web, oficinas de capacitação técnica e audioconferências que permitam debater as origens da discriminação no estado e incentivar jovens da região a se tornarem agentes transformadores da sociedade.

Ato pela paz fecha rodovias na Bahia

Cerca de 800 moradores da região de Eunápolis bloquearam o trevo que liga as rodovias BR-101 e BR-367 na manhã desta terça-feira, 1° de Setembro, em protesto à falta de ações para combater a violência que vem aumentando na cidade. Segundo o vereador Amós do PMDB, em comentário no site da câmara municipal, a cidade vive uma guerra não declarada.

402 votos na 1° CONSEG para a dignidade, a diversidade e a cultura de paz.

A etapa nacional da conferência ocorreu entre 27 e 30 de Agosto em Brasília e aprovou dez princípios e quarenta diretrizes para a criação de políticas públicas na área de segurança. 2097 participantes representando diferentes segmentos da sociedade com direito a voz e voto interagiram em grupos de trabalho que aprovaram pautas baseadas na não violência como base.

Câmara de vereadores de Olinda homenageia movimento internacional pela não violência ativa

Aniversário de 40 anos do Movimento Humanista é comemorado com sessão solene na câmara da cidade pernambucana. O evento contou com a participação de ativistas e lideranças que aderiram à Marcha Mundial pela Paz.

Marcha Mundial pela Paz participa de sessão solene na Câmara dos Vereadores no Rio

Integrantes da campanha mundial pela não violência participam de sessão solene sobre a segurança pública e integram a comissão parlamentar de educação do órgão legislativo da cidade do Rio de Janeiro

Fundador do Teatro do Oprimido, Augusto Boal morre no Rio de Janeiro

Reconhecido internacionalmente e indicado ao Nobel da Paz em 2008, o dramaturgo faleceu no último sábado em decorrência de leucemia. Recentemente, ele havia aderido à Marcha Mundial pela Paz e pela Não Violência.

Ativistas pela não violência fazem protesto em repúdio à feira de armas

Representantes de várias organizações e familiares de vítimas da violência no Rio de Janeiro repudiam a presença das empresas que fornecem armamento para o exército israelense no Brasil

Documentário sobre assassinato da irmã Dorothy estréia no Brasil

Dez dias após a anulação do julgamento que inocentou o fazendeiro Vitalmiro Bastos, filme revela detalhes do drama criminal e do legado humanitário de Dorothy Stang*

Marcha Mundial pela Paz é lançada com tambores no Rio de Janeiro

Em meio a Cinelândia, organizações, vítimas da violência, artistas, políticos e ativistas aderem à campanha mundial pela paz e pela não violência

1 2 3