Construtoras do Futuro: Mayte Quintanilla

15.04.2021 - Juana Pérez Montero

This post is also available in: Espanhol, Francês, Italiano

Construtoras do Futuro: Mayte Quintanilla
(Crédito da Imagem: Pressenza IPA)

Um assunto que não podíamos deixar de conversar em Construtoras do futuro, rumo a uma cultura não violenta é a reinvindicação de uma renda básica para toda a população. Para isso, falamos com Mayte Quintanilla, humanista e presidente da Humanistas pela Renda Básica Universal.

Nos últimos anos, especialmente desde que a pandemia de Covid-19 entrou nas nossas vidas, o movimento que garante a subsistência para toda a humanidade cresceu, significativamente, por meio da reivindicação de uma renda básica universal e incondicional.

Nesse momento, está se desenvolvendo uma Iniciativa de Cidadania Europeia para a reivindicação de uma renda básica incondicional para todos os cidadãos da União Europeia. “É um mecanismo que existe na União para implementar um projeto. Para isso, é necessário coletar um total de um milhão de assinaturas de, pelo menos, 7 países dependendo da população de cada país. Se forem bem-sucedidos com essa coleta, a Comissão Europeia e o Parlamento têm de ouvir a proposta e fazer um pronunciamento e, se ele for positivo, têm de explicar o que vão fazer para concretizar a proposta”.

Para assinar esta iniciativa, você pode fazer isso através deste código QR 

Ou entrando neste SITE

E sobre o futuro a que aspira, Mayte propõe uma remodelação social e econômica: “Teríamos que quantificar os recursos [que temos] e sua gestão eficiente. Que toda a população tenha livre acesso ao que cada um precisa de acordo com suas necessidades básicas […] E isso existe, existe toda a tecnologia e conhecimento [para poder fazer]. Essa mudança social precisa vir acompanhada de novos valores, para criar um novo ser humano, no qual a compaixão seja sentir-se parte do outro e o outro como parte de você”.

“Se eliminássemos essa grande mentira que é ‘o registro de escassez’ do meio, –Quintanilla termina – ou seja, que não há suficiente para todos, por isso você tem que acumular, guardar e se tornar egoísta em relação aos outros para sobreviver, se acabarmos com aquele registro de escassez do meio, o que vai acontecer no interior das pessoas? Acredito que vamos dar um salto evolutivo e nos encontraremos diante de uma realidade totalmente diferente”.

Deixamos aqui a entrevista para vocês. Apreciem!


 

Traduzido do espanhol por Mércia Santos / Revisado por Graça Pinheiro

Interpretação do video: Julia Alvares / Graça Pinheiro

Categorias: Direitos Humanos, Economia, Entrevista, Europa, Humanismo e Espiritualidade, Internacional, Não violência, Video
Tags: , ,

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

Search

Whatsapp

Pressenza Whatsapp

Informe Pressenza

Informe Pressenza

Caderno de cultura

Caderno de cultura

O Princípio do fim das armas nucleares

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Canale YouTube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.