‘Nadamos juntos ou afundamos todos’: 5 coisas que você precisa saber sobre a COVAX

08.03.2021 - UN News Centre

This post is also available in: Inglês

‘Nadamos juntos ou afundamos todos’: 5 coisas que você precisa saber sobre a COVAX
Profissional da área da saúde em Abidjan, Costa do Marfim, tornou-se uma das primeiras pessoas a receber a vacina contra a Covid-19 como parte do lançamento global da COVAX na África. (Crédito da Imagem: UNICEF / Milequem Diarassouba)

A COVAX tem sido tendência em histórias sobre a pandemia de COVID-19 nos últimos dias, principalmente em relação ao envio de vacinas para Gana e Costa do Marfim, as primeiras a chegarem à África. Aqui está uma síntese feita pelo Notícias da ONU sobre o que é a COVAX e por que ela é tão importante.

1) O que é COVAX?

COVAX (Covid-19  Acesso Global às Vacinas) é o setor de vacinas do programa ACT-Accelerator , liderado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e parceiros internacionais, para desenvolver um conjunto de ferramentas para combater o vírus. A OMS afirma que o programa deu suporte ao mais rápido, mais coordenado e bem sucedido esforço global da história para combater uma doença.

O objetivo é distribuir dois bilhões de doses, na sua maioria, aos países mais pobres, em 2021, e imunizar 27 por cento dos seus cidadãos.

“Ninguém está seguro até que todos estejam seguros” tem sido o mantra da Organização Mundial de Saúde (OMS) desde o início da crise global de saúde da Covid-19. No entanto, os países mais ricos dispunham de recursos para encomendar antecipadamente grandes quantidades de vacinas, assegurando que as suas populações estariam em primeiro lugar na fila quando as empresas farmacêuticas recebessem luz verde para entregar as doses, levando os especialistas em direitos humanos da ONU a alertar contra o “acúmulo de vacinas”, e a insistir que as vacinas devem estar disponíveis para todos.

2) Como funciona?

Financiado pelos países mais ricos e por doadores privados, que arrecadaram mais de 2 bilhões de dólares, a COVAX foi lançada nos primeiros meses da pandemia para garantir que as pessoas que vivem em países mais pobres não ficassem de fora quando as vacinas eficazes  chegassem ao mercado. O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) está liderando os esforços para obter e fornecer as doses, em colaboração com a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS).

Cerca de 92 países de baixa renda estão comprando vacinas com o apoio da COVAX, e espera-se que os cidadãos mais pobres sejam vacinados gratuitamente. Cerca de 80 economias de alta renda anunciaram que financiarão as vacinas com seus próprios orçamentos.

3) Quais vacinas serão distribuídas através da COVAX?

No final de 2020, a OMS havia alinhado quase dois bilhões de doses de vacinas existentes e de outras ainda em teste candidatas para uso em todo o mundo. Nem todas essas vacinas serão eficazes contra o vírus, mas reunir um estoque de vacinas tão grande significa que a agência de saúde da ONU pode dizer, com segurança, que a COVAX distribuirá doses suficientes para proteger os profissionais de saúde e assistência social em todos os países participantes até meados de 2021.

Cerca de 1,2 milhão de doses da vacina Pfizer-BioNTech, que requer armazenamento em câmara ultra-fria, devem ser entregues a 18 países no primeiro trimestre de 2021, de um total acordado de 40 milhões. Um lote maior, de cerca de 336 milhões de doses da vacina AstraZeneca /Oxford será despachado para quase todos os países que assinaram a iniciativa COVAX, do Afeganistão ao Zimbábue.

4) Quais países estão recebendo as primeiras doses fornecidas pela COVAX?

No dia 24 de fevereiro, cerca de 600.000 doses da vacina AstraZeneca /Oxford, produzida sob licença na Índia, chegaram a Gana, feito comemorado pela OMS como um passo histórico em direção ao objetivo de garantir a distribuição equitativa de vacinas em todo o mundo. Esta remessa foi rapidamente seguida pela chegada de mais de meio milhão de doses da AstraZeneca Oxford na Costa do Marfim.

Essas remessas iniciais são parte das primeiras 90 milhões de doses que serão enviadas para a África a partir da iniciativa COVAX facility, no primeiro semestre de 2021, dando suporte à inoculação de cerca de três por cento das pessoas que mais precisam de proteção, incluindo trabalhadores de saúde e outros grupos vulneráveis.

Até o final de 2021, espera-se que, com a disponibilidade de mais vacinas e o aumento da capacidade de produção, 600 milhões de doses terão sido distribuídas e cerca de 20 por cento da população africana terá sido vacinada.

5) Por que é importante?

O vírus da Covid-19 tem causado um enorme dano humano. Mais de dois milhões de pessoas em todo o mundo sucumbiram ao vírus. Muitos mais foram hospitalizados e sofreram consequências debilitantes prolongadas. O objetivo da COVAX é conter essa trágica perda de vidas e doenças crônicas.

Além disso, bilhões de vidas foram afetadas pelas restrições de viagens, lockdowns e outras medidas postas em prática para desacelerar a propagação do vírus. Milhões de empregos foram perdidos conforme a economia global desacelerou e os serviços de saúde ficaram sobrecarregados, tornando mais difícil para os pacientes com doenças não relacionadas à Covid, receber tratamento.

Espera-se que as vacinas fornecidas pela COVAX contribuam para reverter essas tendências prejudiciais e fazer com que o mundo volte à normalidade, seja qual for essa nova normalidade.

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghrebeyesus, apontou que COVAX não é um esforço de caridade: em uma economia global altamente interconectada, vacinas eficazes, amplamente disponíveis em todos os países, são a maneira mais rápida de acabar com a pandemia, dar o pontapé inicial na economia global e garantir uma recuperação sustentável. Nas suas palavras, “nadamos juntos ou afundamos todos”.


 

Traduzido por Magui Vallim / Revisado por Graça Pinheiro

Categorias: Internacional, Saúde, Video
Tags: , , , ,

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

Search

Whatsapp

Pressenza Whatsapp

Informe Pressenza

Informe Pressenza

Caderno de cultura

Caderno de cultura

O Princípio do fim das armas nucleares

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Canale YouTube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.