Olhei Pro Buraco e Era um Olho Mágico

28.02.2021 - Redação Rio de Janeiro

Olhei Pro Buraco e Era um Olho Mágico
TEATRO

 

 

 

Com a direção de Estrela Straus, doze atrizes e atores formam um caleidoscópio de experiências que trazem à tona a importância de falar sobre saúde mental. A partir de relatos pessoais, entrevistas e até bulas de remédio, o elenco aborda de forma sensível desequilíbrios psíquicos, sofrimentos e curas emocionais.

Divididas em três Atos/Buracos independentes, as tramas incluem casos de depressão, ansiedade, ideações suicidas, pânico, burnout, entre outros – contados a partir do ponto de vista de quem viveu essas experiências.

Criada durante a pandemia de 2020, a peça estreou em dezembro e agora, em fevereiro de 2021, retorna com sua segunda temporada. Assim como durante a temporada inaugural, a bilheteria será revertida em uma doação para o Centro de Valorização da Vida (CVV), que trabalha na prevenção ao suicídio.

A dramaturgia da peça teve como ponto de partida o conto A Pessoa Deprimida, de David Foster Wallace, e o documentário Jogo de Cena, de Eduardo Coutinho. A partir destas duas referências nasceram tanto textos e relatos dos próprios atores em relação a seus “buracos” emocionais e experiências de adoecimento psicológico, assim como
entrevistas feitas por eles com pessoas próximas que também viveram histórias neste sentido.

Na peça, os relatos dos próprios atores e das entrevistas se combinam com bulas de remédio e outros textos, para formar três atos temáticos e independentes – “O Buraco É Mais Embaixo”, “Buraco Umbilical” e “Buraco Em Erupção”. Cada um desses Buracos dura cerca de 45m e agrupa questões semelhantes.

Quem assiste não sabe se a história que está sendo contada foi vivida pelo próprio ator/atriz, ou se veio a partir de uma entrevista. Mas isso, na verdade, pouco importa, pois essas são as histórias que muitos vivem de forma anônima, por receio dos tabus e preconceitos que ainda são ligados ao tema da saúde mental.

Através das histórias destes personagens, a peça busca oferecer para a plateia um lugar de companhia, de conversa sem tabus sobre dores, sofrimentos, desequilíbrios e curas na saúde mental. Depois de cada apresentação, abrimos uma roda de conversa para trocar com o público sobre a experiência da peça, e também sobre os temas que foram tratados.

 

OLHEI PRO BURACO E ERA UM OLHO MÁGICO 

~uma peça online em três Buracos

Com a direção de Estrela Straus, 12 atrizes e atores formam um caleidoscópio de experiências que trazem à tona a importância de falar sobre saúde mental. A partir de relatos pessoais, entrevistas e bulas de remédio, o elenco aborda de forma sensível e leve desequilíbrios psíquicos, sofrimentos e curas emocionais.

A peça, que acontece ao vivo via Sympla Streaming (ingressos já disponíveis) é dividida em três atos temáticos, chamados de buracos: O Buraco é mais em baixo, às 18h, Buraco umbilical, às 19h, e Buraco em erupção, às 20h. O ingresso dá direito a assistir os três atos/buracos que relacionam-se de maneira independente. O público fica livre para entrar na sala às 18h, 19h e/ou 20h  ou para assistir aos três atos em sequência. Caso deseje assistir os atos em diferentes dias, é possível adquirindo o ingresso para a nova sessão.

> A bilheteria será doada ao Centro de Valorização da Vida, que trabalha na prevenção ao suicídio.

Dias 21 e 28 de fevereiro, 07 e 14 de março
Domingos às 18h, 19h e 20h
Ingressos entre R$10 e R$50
Classificação: 16 anos
Via Sympla Streaming

‼️ Acesse o link do ingresso 15 minutos antes da apresentação

http://sympla.com.br/inboxcultural

18h
Buraco 1: O buraco é mais embaixo
Sofia Maruci
Amanda Wanderley
Pablo Cortez
Mage Cechetto

19h
Buraco 2: Buraco umbilical
Camila Curty
Carina Schafran
Gabi D’Ângelo
Walter Farias

20h
Buraco 3: Buraco em erupção
Michel Langer
Kalindi D’Elia
Camila Brandão
Michelle Braz

Categorias: Ámérica do Sul, Cultura e Mídia, Nota de imprensa, Saúde
Tags: , , ,

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

Search

Whatsapp

Pressenza Whatsapp

Informe Pressenza

Informe Pressenza

Caderno de cultura

Caderno de cultura

O Princípio do fim das armas nucleares

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Canale YouTube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.