Guterres pede a Israel que abandone planos de anexação de áreas da Cisjordânia

26.06.2020 - UN News Centre

Guterres pede a Israel que abandone planos de anexação de áreas da Cisjordânia
Nickolay Mladenov falou ao Conselho de Segurança por videoconferência

Secretário-geral fala de “retrocessos na busca de uma solução de dois Estados e planos de retoma de negociações”; Autoridade Palestina perdeu 80% da receita mensal por recusar impostos que Israel recolhe em seu nome; enviado especial da ONU pede uma chance para a diplomacia.

O Conselho de Segurança debateu, esta quarta-feira, a situação no Oriente Médio, com participação de ministros de Estados-membros, do coordenador especial da ONU para o Processo de Paz na região, Nickolay Mladenov, e do secretário-geral António Guterres.

O chefe da ONU abriu a reunião alertando sobre “um momento decisivo”. Guterres pediu a Israel que abandone “planos de anexação” de territórios na Cisjordânia. Segundo ele, uma possível anexação poderia “minar de forma grave o direito internacional, prejudicar gravemente a perspectiva de uma solução de dois Estados e debilitar as possibilidades de renovação de negociações.”

Autoridade

Guterres mencionou a decisão unilateral da liderança palestina de se retirar de todos os acordos com Israel e Estados Unidos.

O secretário-geral citou ainda a crise da Covid-19, a redução do apoio de doadores e a recente decisão da Autoridade Palestina de não aceitar impostos que Israel recolhe em seu nome como parte da oposição aos planos de anexação.

Até agora, a situação levou à perda de 80% da receita mensal da Autoridade Palestina, segundo o coordenador especial para o Processo de Paz no Oriente Médio. Nickolay Mladenov alertou que essa lacuna “não pode ser preenchida por doadores.”

Incerteza

Com o aumento da incerteza econômica, os mais vulneráveis são palestinos isolados em Gaza e “sob o controle do Hamas há mais de uma década”. Mladenov alertou para a falta de tratamento essencial com o fim da coordenação civil.

Ele destacou que a ONU e outras organizações têm sido cada vez mais solicitadas a assumir tarefas de coordenação.

O enviado disse que com a redução da perspectiva de uma solução negociada de dois Estados surge o espectro de fúria, radicalização e violência.

Mensagem

Para o coordenador, a ameaça de anexação de áreas da Cisjordânia tem implicações legais, na segurança e na economia. Mas também enviará “uma mensagem de que negociações bilaterais não podem alcançar uma paz justa”, o que segundo ele não se pode permitir.

Mladenov alertou que “nada de bom pode resultar do colapso do diálogo e da comunicação”. Ele pediu que seja dada uma oportunidade à diplomacia para resolver a atual situação no Oriente Médio.

Categorias: Oriente Médio, Paz e Desarmamento, Política
Tags: , , ,

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

Pesquisa

Informe Pressenza

Informe Pressenza

Caderno de cultura

Caderno de cultura

O Princípio do fim das armas nucleares

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Canale YouTube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

xpornplease pornjk porncuze porn800 porn600 tube300 tube100 watchfreepornsex

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.

maltepe escort