MAS confirma candidatura de Evo Morales ao Senado da Bolívia

06.02.2020 - São Paulo, Brasil - Opera Mundi

MAS confirma candidatura de Evo Morales ao Senado da Bolívia
Oruro, Dezembro 2016. Arquivo (Crédito da Imagem: ABI)

Ex-mandatário havia denunciado tentativas do governo da presidente interina Jeanine Áñez de impedir sua candidatura

O partido Movimento ao Socialismo confirmou na noite desta terça-feira (03/02) o registro da candidatura do ex-presidente da Bolívia Evo Morales ao Senado pelo estado de Cochabamba.

A informação foi confirmada pelo dirigente cocalero Leonardo Loza em coletiva realizada em La Paz. O partido e o próprio ex-mandatário haviam denunciado tentativas do governo da presidente interina Jeanine Áñez de impedir que Evo se candidatasse.

Na última semana, o governo chegou a prender Patricia Hermosa, advogada de Evo e sua representante legal na Bolívia que apresentaria sua candidatura ao cargo de Senador.

Outro dirigente do MAS, Wilfredo Chávez, também sofreu perseguições por parte da polícia e foi obrigado a se refugiar na embaixada da Argentina em La Paz, país no qual o ex-presidente Morales está asilado desde o golpe de Estado que forçou sua renúncia em 10 de novembro de 2019.

MAS quer a presidência

O MAS apresentou o ex-ministro da Economia Luiz Arce como candidato à presidência do país, ao lado do ex-chanceler David Choquehuanca com postulante à vice-presidência.

Além da chapa presidencial, ex-funcionários do governo de Morales também concorrem a cargos nas eleições que serão realizadas no dia 3 de maio. O ex-chanceler Diego Pary busca uma vaga no Senado por Potosí, e a prefeita de Vinto, Patricia Arce, brutalmente hostilizada durante os meses que antecederam o golpe, concorre a uma vaga no Legislativo por Cochabamba.

Categorias: Ámérica do Sul, Política
Tags: , , ,

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

 

O Princípio do fim das armas nucleares

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

2a Marcha Mundial da Paz e da Não-violência

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.