200 escolas pela paz e não violência

17.09.2019 - Redação São Paulo

This post is also available in: Espanhol, Francês

200 escolas pela paz e não violência

A campanha busca mobilizar escolas de todo o Brasil durante a Segunda Marcha Mundial pela Paz e Não Violência que terá seu início no dia 2 de outubro de 2019. Para entender mais sobre a proposta entrevistamos Vinícius, coordenador do projeto Não Violência nas Escolas. 

O que é o projeto 200 escolas?

 Campanha das 200 Escolas é uma ação de mobilização socioeducativa que pretende incentivar escolas do Brasil a celebrar, estudar e difundir a os Ideais de Paz em base a metodologia da Não Violência.

É uma ação da Marcha Mundial pela Paz e Não Violência, coordenada pelo Projeto Não Violência nas Escolas.

As escolas podem realizar qualquer ação sobre a temática, mas nós incentivamos que aquelas que queiram realizem os Símbolos Humanos da Paz ou da Não Violência. Esses símbolos tem a virtude de mover o corpo a partir de uma intenção coletiva pacifica e não violenta.

Corpos coletivos pedindo pela Paz e Não Violência para o mundo, as culturas, os países, famílias, escolas e também em nossos corações e mentes.

Qual é o principal objetivo deste projeto?

Dar um sinal para toda a sociedade que as escolas estão sintonizadas em uma transformação profunda na cultura violenta em qual estamos imersos.

Mobilizar 200 escolas do Brasil para coletivamente construírem uma nova educação.

O que representa a Marcha Mundial ?

A Marcha Mundial é um momento de mobilização física, mental, cultural e internacional. É um pedido profundo de Paz e Não Violência, com muita alegria, convergência e expectativa de um futuro melhor. 

Como a Educação pode gerar consciência de paz?

A educação como o principal espaço de formação existente hoje, aliado ao fato de que é uma instituição que também está em crise, mas não está padecendo tanto quanto outras instituições na crise geral em que vivemos. Graças a essa resistência, poderá ser a instituição capaz de promover uma ampla cultura de paz e não violência, não só para seus membros, mas para toda a sociedade.

Para participar basta acessar o site ou entre no grupo do whatsapp clicando aqui. 

Categorias: Ámérica do Sul, Direitos Humanos, Diversidade
Tags:

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

Pesquisa

Informe Pressenza

Informe Pressenza

Caderno de cultura

Caderno de cultura

O Princípio do fim das armas nucleares

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Canale YouTube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.