Criminalização do direito de protesto é tema de debate em São Paulo

30.01.2017 - São Paulo, Brasil - Redação São Paulo

Criminalização do direito de protesto é tema de debate em São Paulo
(Crédito da Imagem: Artigo19)

Se 2013 será lembrado por suas grandes manifestações populares e pela reação violenta do Estado a elas, os anos seguintes têm sido marcados não só pela sofisticação da repressão policial contra manifestantes, mas por um processo mais amplo de criminalização do direito de protesto. Em um cenário como esse, fica a preocupação: o que esperar desse processo em 2017?

Para dialogar sobre o que tem acontecido e o que se pode esperar para esse ano, a ARTIGO 19 organiza no próximo dia 9, a partir das 19h, um debate em São Paulo com ativistas e pesquisadores do assunto.

Estarão presentes Juliana Coutinho, militantes feminista da organização Brigadas Populares, Heloisa Melino de Moraes, pesquisadora em direitos humanos da UFRJ e ativista da Marcha das Vadias, Heudes Cássio Oliveira, estudante que participou dos protestos dos secundaristas em São Paulo, e Camila Marques, advogada da ARTIGO 19.

O evento também servirá de oportunidade para o lançamento do relatório “Nas Ruas, nas Leis, nos Tribunais – violações ao direito de protesto 2015-2016”, produzido pela ARTIGO 19, que compila e analisa as violações ocorridas em protestos registradas pela entidade nos últimos dois anos. Além da versão impressa e digital, o trabalho também terá um site interativo, com infográficos e vídeos sobre o tema.

Serviço

Evento: Debate de lançamento do relatório “Nas Ruas, nas Leis, nos Tribunais – violações ao direito de protesto 2015-2016”
Data: 09/02 (quinta-feira)
Horário: 19h
Local: Centro Cultural Tapera Taperá, na Galeria Metrópole
Endereço: Av. São Luís, 187, Loja 29, 2º andar, Centro, São Paulo

Categorias: Ámérica do Sul, Cultura e Mídia, Direitos Humanos, Nota de imprensa
Tags: , , , , ,

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

O Princípio do fim das armas nucleares

2a Marcha Mundial da Paz e da Não-violência

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.