São Paulo: “Parem de nos matar”

25.10.2016 - São Paulo, Brasil - Redação São Paulo

This post is also available in: Espanhol

São Paulo: “Parem de nos matar”
(Crédito da Imagem: Bianca Araujo)

Por Bianca Araujo (imagens e texto)

O domingo 23 o coletivo feminista Ártemis e a União Brasileira de Mulheres (UBM), organizaram através das redes sociais, o ato Ni una menos, em solidariedade à vítima de feminicídio, a argentina de 16 anos, Lúcia Perez.

Em torno de 2 mil mulheres marcharam do ponto de encontro, o MASP –Museu de Arte de São Paulo– localizado na Avenida Paulista, até a Praça Roosevelt no centro da cidade. Entretanto, outro ato pró PEC 241, acontecia ao mesmo tempo no MASP. A polícia militar fez um cordão humano cercando os dois lados, a esquerda estavam as feministas que foram hostilizadas e xingadas pelos manifestantes que estavam ao lado direito –pró PEC 241. Três jornalistas da mídia alternativa também foram agredidas por eles. Passando a Avenida Paulista, o ato seguiu pacificamente.

Categorias: Ámérica do Sul, Diversidade, Opinião
Tags: , , , , ,

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.