Mundo Livre de Armas Nucleares: Nosso Bem Comum

20.04.2016 - Pressenza Hong Kong

This post is also available in: Inglês

Mundo Livre de Armas Nucleares: Nosso Bem Comum
FOTO#Marcha de protesto em 2015 (Crédito da Imagem: Prefeitos pela Paz)

Declaração por parte dos parlamentares, prefeitos e líderes religiosos para comemorar o 70º
aniversário do início da era nuclear e da fundação das Nações Unidas

Das cinzas da Segunda Guerra Mundial, e na sequência dos bombardeios nucleares de Hiroshima e Nagasaki, as Nações Unidas foi criada com uma visão comum para acabar com a guerra e 70 anos mais tarde, mais de 16.000 armas nucleares permanecem em arsenais do mundo custando $ 100 bilhões por ano – recursos que poderiam em vez disso ser usados para reverter a mudança climática, eliminar a pobreza e abordar outras necessidades sociais e econômicas.

Como parlamentares, prefeitos e líderes religiosos que se unem para destacar os riscos persistentes de uma catástrofe nuclear – seja por acidente, erro de cálculo ou intenção – e a moral e segurança imprescindível para alcançar a abolição de armas nucleares.

Reafirmamos a descrição do Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, da abolição das armas nucleares como um “bem comum da mais alta ordem.”

Em formas especiais prefeitos são responsáveis por proteger a segurança e bem-estar dos seus cidadãos, bem como a preservação e promoção dos valores e heranças culturais e ambientais; parlamentares para pelas políticas e leis nacionais em benefício das gerações presentes e futuras; e líderes religiosos para fazer avançar os princípios morais compartilhados e o respeito pelo bem-estar de todas as pessoas, independentemente de etnia, nacionalidade ou religião.

Juntos, como prefeitos, parlamentares e lideres religiosos- nós apoiamos a abolição das armas nucleares pelo bem comum. Nós rejeitamos as armas nucleares, que ameaçam a nossa humanidade, se contrapõem aos nossos princípios morais, violam o direito internacional e frustram a segurança e o bem-estar das gerações atuais e futuras.

Comprometemo-nos com a ação de princípios de promoção da segurança compartilhada e bem-estar baseada em princípios profundamente arraigados e amplamente compartilhados, o Estado de direito e um profundo compromisso com a resolução de conflitos não-violenta.

Instamos os líderes mundiais a comprometer-se com a abolição das armas nucleares e para substituir a intimidação nuclear por abordagens de segurança comuns para os conflitos. Instamos também os Estados a promover uma convenção sobre armas nucleares ou quadro de acordos que elimine as armas nucleares.

Comprometemo-nos a envolver os nossos círculos eleitorais e fortalecer a cooperação entre os líderes religiosos, parlamentares e prefeitos para promover esta missão vital.

Adotada em Hiroshima em 6 de agosto, 2015, para apresentação às Nações Unidas para apoiar as negociações multilaterais para a eliminação de armas nucleares

Facilitada por Parlamentares pelo Desarmamento Nuclear e Não Proliferação , Religiões para a Paz e Prefeitos para a Paz.

www.religionsforpeace.org

www.mayorsforpeace.org

www.pnnd.org

 

Traduzido por Cleverson Rubedo

Categorias: América do Norte, Europa, Nota de imprensa, Paz e Desarmamento
Tags: , , , ,

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

O Princípio do fim das armas nucleares

2a Marcha Mundial da Paz e da Não-violência

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.