Diretora da OMS reconhece rápida resposta de Cuba ante o ebola

13.09.2014 - Prensa Latina

Diretora da OMS reconhece rápida resposta de Cuba ante o ebola
(Crédito da Imagem: Prensa Latina)

Genebra, 12 set (Prensa Latina) A diretora geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Chan, agradeceu hoje especialmente ao líder da Revolução cubana, Fidel Castro, e ao presidente, Raúl Castro, o apoio para o confronto ao ebola na África.

Chan fez as declarações para a Prensa Latina no final de uma conferência onde se anunciou o envio de 165 colaboradores da saúde cubanos a Serra Leoa para ajudar a combater a febre hemorrágica.

Por sua longa história de solidariedade, Cuba foi um dos países aos que a OMS e o secretário geral da ONU, Ban Ki-moon, pedimos apoio para enfrentar esta tragédia, disse Chan.

“Para uma nação tão pequena, a quantidade de médicos e enfermeiras que estão a enviar, bem como a rapidez com a que tem respondido, é realmente maravilhoso”, acrescentou a diretora da OMS.

Chan enviou uma mensagem a esses profissionais da saúde que vão aos lugares onde nenhum outro médico quer ir.

Na conferência de imprensa oferecida nesta sexta-feira na sede da OMS, o ministro cubano de Saúde Pública, Roberto Morales, precisou que a brigada está constituída por 62 médicos e 103 enfermeiros, quem possuem mais de 15 anos de experiência profissional.

Morales recordou que a participação de seu país no confronto ao ebola na África Ocidental não é um fato isolado, senão que faz parte da ajuda e solidariedade brindada nestes 55 anos de Revolução.

Categorias: Africa, América Central, Assuntos internacionais, Internacional, Saúde
Tags: , , , , ,

Boletim diário

Indique o seu e-mail para subscrever o nosso serviço diário de notícias.


2a Marcha Mundial da Paz e da Não-violência

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.