Pressenza em Bonn: a revolução não-violenta necessita das novas mídias

01.07.2014 - Pressenza IPA

This post is also available in: Inglês, Espanhol, Italiano

Pressenza em Bonn: a revolução não-violenta necessita das novas mídias
(Crédito da Imagem: Pia Figueroa | Pressenza IPA)

Hoje houve a inauguração do Fórum Global de Mídia, organizado pela Deutsche Welle na cidade de Bonn na Alemanha, onde Pressenza participou com um painel em que se ilustraram exemplos de mobilizações sociais empregadas graças à criação da conciência das novas mídias em cidades tão diferentes, como Nova York, São Paulo e Rio de Janeiro, diversas localidades comunais do vasto território Chinês, assim como nas cidades européias e nas revoltas conhecidas como “primaveras” árabes.

dw2
imagem: David Andersson – foto Deutsche Welle

As análises foram trazidas por David Andersson, membro do “Making Worlds: A commons Coalition” e do movimento Occupy Wall Street nos Estados Unidos; Paulo Genovese, cordenador da equipe da Pressenza no Brasil; Tony Henderson, membro da Equipe de Cordenação Internacional do Partido Humanista e coordenador da Redação Hong-Kong da Pressenza; Baher Kamal, jornalista pró-paz especialista no Meio Oriente; Silvia Swinden, coordenadora do Centro Mundial de Estudos Humanistas e da Redação da Pressenza em Londres; com moderação de Tony Robinson, porta-voz do Mundo sem Guerras e sem Violência, e co-diretor da agência Pressenza.

 

dw5
image: Silvia Swinden y Tony Robinson, foto Deutsche Welle

As diversas apresentações se apoiaram em fotografias, vídeos e peças audiovisuais de notícias recentes, produzidas nas mais diversas localidades, com a constante de expressar o clamor social por um novo tipo de sociedade com a metodologia da não-violência ativa.

dw6
Image: Tony Henderson, foto Deutsche Welle

As diversas intervenções complementadas com as opiniões, perguntas e respostas, com um público com o qual se estabeleceu um diálogo bem dinâmico e interativo.

dw7
Image: David Andersson y Paulo Genovese – foto Deutsche Welle

Ficou evidente que as mídias tradicionais, ao serviço dos grandes interesses econômicos, não favorecem as expressões de uma nova sensibilidade que está cansada das propostas do sistema, e busca dar forma a modos de organização social inovadores, baseados na compaixão, consenso e fraternidade.

dw8
Image: Paulo Genovese – foto Deutsche Welle

Assim mesmo, se explicou sobre o trabalho que realiza a agência Pressenza, baseado em alinhamento com a doutrina siloísta, mediante o trabalho voluntário de ativistas comprometidos com a difusão de todos os efeitos de demonstração, que permite o avance em direção à Nação Humana Universal.

Categorias: Cultura e Mídia, Europa, Foto reportagem, Internacional
Tags: , , , , ,

Boletim diário

Digite seu endereço de e-mail para assinar o nosso serviço de notícias diárias.

O Princípio do fim das armas nucleares

2a Marcha Mundial da Paz e da Não-violência

Documentário 'RBUI, o nosso direito de viver'

Milagro Sala

Canale youtube

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

International Campaign to Abolish Nuclear Weapons

Arquivo

Except where otherwise note, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.